'O Ilê não se preparou para o carnaval', diz Vovô

salvador
29.11.2021, 06:30:00
Vovô do Ilê é presidente do bloco afro (Marcela Villar/CORREIO)

'O Ilê não se preparou para o carnaval', diz Vovô

Se a festa de rua acontecer, possibilidade do bloco participar da festa é baixa

Se o Carnaval de 2022 acontecer, a possibilidade de o Ilê Aiyê desfilar na avenida é baixa. Isso porque, segundo o presidente da agremiação, Vovô do Ilê, o primeiro bloco afro do Brasil, não se preparou para a festa.

“O Ilê não se preparou para o carnaval e não acredito que tenha. Se por acaso houver, vamos sair só para tocar para o povo, mas vamos depender e buscar recursos para isso. Inicialmente, nossa expectativa é não participar”, declara Vovô, durante ensaio na Senzala do Barro Preto, neste domingo (28).

Segundo ele, há uma pressão dos associados para que ocorra o desfile do Ilê, mas Vovô acredita que a festa não acontecerá, assim como o concurso da Noite da Beleza Negra, que elege todos os anos a Deusa do Ébano  e já está cancelado. Em 2021, o concurso também não ocorreu, por conta da pandemia do novo coronavírus.   

O diretor do Ilê Aiyê, Ednilson Neves, diz que, se existir a participação do bloco afro, será com fantasias antigas. “Somos uma organização que depende de recursos. Não vamos montar um carnaval novo, os associados vão sair com suas fantasias”, adianta. 

Ele também acredita que a festa momesca não acontecerá em 2022. “A gente quer estar no carnaval da saúde, com nossa população bem. Isso é o queremos. Se tiver carnaval, vamos sair daqui do Curuzu até a Lapinha, no sábado, e, na segunda-feira, fazer o percurso do Campo Grande”, detalha Neves. 

Edmilson Neves, diretor do Ilê, diz que Ilê desfilará dois dias, se houver Carnaval (Foto: Marcela Villar/CORREIO)

O Carnaval de 2022 em Salvador ainda não foi decidido pelo governador da Bahia, Rui Costa, ou pelo prefeito, Bruno Reis. Leia aqui o que já se sabe sobre a festa

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas