Operação 'Luz da Infância' prende 66 pessoas no Brasil e em 5 países

brasil
30.06.2022, 22:45:11
(Polícia Civil / Alagoas)

Operação 'Luz da Infância' prende 66 pessoas no Brasil e em 5 países

Em Salvador, um homem foi preso em Ondina com imagens de pornografia infantil

A Polícia Civil de 13 Estados deflagrou na manhã desta quinta-feira (30), a nona etapa da Operação Luz da Infância, para vasculhar endereços de suspeitos de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet. De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, que coordena a Operação no País, 66 pessoas foram presas em flagrante, 26 no Brasil e 40 nos demais países envolvidos - duas nos EUA, 30 na Argentina, duas no Equador, cinco no Paraguai e uma na Costa Rica.

Ao todo, 163 mandados de busca e apreensão foram executados, 74 no Brasil. As diligências foram realizadas nos Estados de São Paulo (43), Maranhão (5), Espírito Santo (4), Paraíba (4), Paraná (4), Mato Grosso (3), Pará (3), Alagoas (2), Rio Grande do Norte (2), Bahia (1), Goiás (1), Mato Grosso do Sul (1) e Rio Grande do Sul (1). Cerca de 800 policiais foram mobilizados para a operação.

Houve prisões nos estados de Alagoas (1), Bahia (1), Espírito Santo (2), Maranhão (1), Pará (3), Paraíba (1), Paraná (2), Rio Grande do Norte (1) e São Paulo (14).

Em Salvador, um homem que não teve a identidade nem idade divulgados foi preso em Ondina, na manhã dessa quinta-feira (30), após ser flagrado em casa com  imagens de pornografia infantil e constatado o armazenamento e compartilhamento do material. Equipes da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) cumpriram o mandado de prisão do suspeito na capital baiana.

As outras 89 ordens de busca e apreensão foram cumpridas em outros seis países - Argentina (68), Equador (2), Estados Unidos (5), Panamá (5), Paraguai (7) e Costa Rica (2). De acordo com o MJSP, é a primeira vez que a Costa Rica participa de uma operação integrada com o Brasil

As buscas recolheram 1 terabyte (TB) de material pornográfico infanto-juvenil, diz a pasta.

A Operação 'Luz na Infância 8' foi aberta em junho de 2021, quando 176 endereços foram vasculhados pela Polícia Civil de 18 Estados e em mais cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador.

Nas sete edições anteriores, realizadas entre 2017 e 2020, operação prendeu cerca de 700 suspeitos de praticarem crimes cibernéticos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes em todo o Brasil e nos países participantes da ação

Confira os detalhes das fases anteriores da Luz da Infância:

Luz na Infância 1: 20 de outubro de 2017. Foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Foram presas 108 pessoas.

Luz na Infância 2: 17 de maio de 2018. As Polícias Civis dos Estados cumpriram 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas.

Luz da Infância 3: 22 de novembro de 2018. Operação deflagrada no Brasil e na Argentina com o cumprimento de 110 mandados de busca, resultando na prisão de 46 pessoas.

Luz na Infância 4: 28 de março de 2019. Operação deflagrada em 26 estados e no Distrito Federal resultou no cumprimento de 266 mandados e 141 pessoas presas.

Luz na Infância 5: 4 de setembro de 2019. Operação deflagrada em 14 estados e do Distrito Federal, além dos Estados Unidos, Paraguai, Chile, Panamá, Equador e El Salvador. A ação resultou no cumprimento de 105 mandados e 51 pessoas presas.

Luz na Infância 6: 18 de fevereiro de 2020. Operação envolveu policiais civis de 12 estados, além dos Estados Unidos, Colômbia, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 112 mandados de busca e apreensão.

Luz na Infância 7: 6 de novembro de 2020. Operação envolveu policiais civis de 12 estados, além dos Estados Unidos, Argentina, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 136 mandados de busca e apreensão.

Luz na Infância 8: 9 de junho de 2021. Operação envolveu policiais civis de 18 estados, além dos Estados Unidos, Equador, Argentina, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 176 mandados de busca e apreensão.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas