Padre Fábio reclama de banco, e concorrentes fazem propaganda

variedades
23.05.2019, 20:51:53
Atualizado: 23.05.2019, 22:04:41

Padre Fábio reclama de banco, e concorrentes fazem propaganda

Ele reclamou de cartão bloqueado há mais de um mês

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma reclamação contra um banco no Twitter. Um episódio corriqueiro e cotidiano, não fosse um detalhe: o reclamante é o padre Fábio de Melo, um dos religiosos mais famosos do Brasil. A postagem gerou milhares de comentários e os concorrentes do banco citado, o Bradesco, aproveitaram para tentar conquistar um novo cliente.

Na terça, o padre postou reclamando que estava há um mês com um cartão de crédito bloqueado por conta de uma compra. A orientação da gerente foi que ele tivesse "paciência". 

O Bradesco respondeu pelo Twitter. "Oi Padre. Pra gente conseguir te ajudar, preciso de alguns dados seus. Me envie seu telefone com DDD via DM", escreveu o social media do banco.

Os concorrentes não perderam tempo - Santander, Banco do Brasil, Banco Inter, Nubank e Digio foram alguns dos que se manifestaram. 

"Padre, você já conhece a palavra do Banco Inter? Aquele que está sentado à direita do Banco Central, de onde há de acabar com as tarifas e anuidade! A relação com seu banco não precisa ser uma via sacra, então tá na hora de se juntar à nossa #RevoluçãoBancária! Vem de DM", sugeriu o Banco Inter.

A PagSeguro fez promoção do seu PagBank. "A gente não cai nessa bancocracia nem com reza brava! Vem para o PagBank, @pefabiodemelo! Abrir uma conta é mais rápido que rezar um terço e nós exorcizamos as taxas abusivas e as filas".

“Ainda que eu ande pelo vale das taxas da morte, não temerei, pois o Padre está comigo”. Vem pro Sicoob, Padre", chamou o Sicoob.

A Nubank também fez piadinha para tentar cair nas graças do padre. "Padre Fabio cheio de graça, venha conosco, bendita a hora que o antagonista te pediu paciência, e os clientes a nosso favor te orientaram. Seja bem vindo a nossa familia, olha a DM".

O Santander fez um combo com o meme "shallow now". "De conselho amoroso eu não sei, Padre. Mas de cartão de crédito, o Claudson Clebson entende. Vem pra cá, juntos e shallow now".

O Banco do Brasil também fez seu convite. Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento". Dê-me a sua graça, padre". 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas