Pijama de sair? Conheça a moda do sleepwear

Moda
21.05.2017, 16:58:00

Pijama de sair? Conheça a moda do sleepwear

Roupas de dormir protagonizam editorial que levam o clima do quarto para as ruas
Camisola vira vestido em look sleeapwear


Sabe aqueles dias em que você tem vontade de sair por aí com a mesma roupa que acordou? Agora a moda diz que sim! E você nem precisa recorrer ao pijama ou camisola de sempre, já que as lojas foram dominadas pelo sleepwear. As opções são muitas e levam o clima do quarto para as ruas. E que tal um cenário majestoso para destacar essas delicadas peças inspiradas em roupas de dormir? Elegemos o Fera Palace Hotel, uma pérola dos anos 30 recém-reformado, como pano de fundo para o editorial fotografado pelo baiano Lucas Assis (Estúdio Gato Louco).

Em primeiro plano, look com mix de poás assinado pela Animale. A marca também aparece no conjunto de pijama ao fundo, que ganha combinações com lingerie da FyI e sandália A Brand. Na segunda foto, lançamentos do próximo Verão da Animale
Majestosa na banheira, a modelo usa vestido longo da A Brand. Os brincos e o sapatinho slip são da Animale. Do lado, a produção é composta por quimono e calça estampada da Canal, lingerie e brincos Animale e sandália A Brand

Fotos: Estúdio Gato Louco (estudiogatolouco@gmail.com)
Beleza: Kal Nascimento (@kalnascimento) (71)99368-8997/ 3313-8878)
Produção de moda: Paula Magalhães e Leo Amaral
Modelos: Tainá Galvão (@taina_galvao), da Mega Model Salvador - (71) 3311 2477, e Bianca Alves (@bianca_alvessantos), da Way Model (waymodel.com.br)  
Marcas: Preview das coleções de Verão da A. Brand, Animale, Canal e FYI representadas pelo Cocar Showroom (71 3245-3095)
Agradecimento: Fera Palace Hotel (71 3036-9200)

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas