Polícia encontra corpo esquartejado em matagal e suspeita que seja de blogueira desaparecida

bahia
04.03.2021, 21:08:00

Polícia encontra corpo esquartejado em matagal e suspeita que seja de blogueira desaparecida

Ana Gabriela Santos Ribeiro está desaparecida desde o dia 15 de fevereiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Polícia Militar encontrou nesta quinta (4) um corpo esquartejado num matagal localizado no bairro de Boca da Mata, região de Cajazeiras, em Salvador. O corpo da vítima estava dentro de um saco plástico

A identidade da vítima não foi revelada, mas uma fonte escutada pelo CORREIO apontou que há suspeita da vítima ser Ana Gabriela Santos Ribeiro, blogueira de 27 anos que está desaparecida há quase um mês.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Cajazeiras) foi acionada e isolou a área onde o corpo foi achado até a chegada do Serviço de Investigação de Local de Crime (DHPP).

A identificação do corpo ainda será realizada pelo Instituto Médico Legal (IML). No entanto, policiais civis reconheceram tatuagens no corpo da jovem. Mãe de uma criança, ela está desaparecida desde o dia 15 de fevereiro, quando foi vista pela última vez acompanhada de dois homens.

Ana Gabriela é mãe de um filho e está desaparecida desde o dia 15 de fevereiro (Foto: Reprodução)

O desaparecimento dela foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que agora apura o suposto homicídio. Não há confirmações oficiais da polícia, mas o CORREIO apurou que a principal linha de investigação é que Ana Gabriela tinha relacionamento amoroso com dois traficantes de drogas que eram rivais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas