Praticar musculação reduz sintomas da depressão, aponta estudo

bazar
02.08.2018, 20:03:00
Atualizado: 02.08.2018, 20:03:22
2 mil pessoas foram analisadas na pesquisa (Shutterstock/Reprodução)

Praticar musculação reduz sintomas da depressão, aponta estudo

Os pesquisadores analisaram os efeitos do levantamento de peso em mais de 2 mil pessoas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Você é uma dessas pessoas que ama academia e, principalmente, musculação? As notícias são boas: segundo estudo realizado pelo periódico científico americano JAMA Psychiatry, os treinos de força, além de auxiliar no fortalecimento do corpo, reduzem sintomas de depressão.

Os pesquisadores analisaram os efeitos em mais de 2 mil pessoas e descobriram que esse tipo de exercício diminui o desânimo e a perda de interesse em atividades diárias, dois fatores que atrapalham significativamente a vida de quem anda para baixo.

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, tecnologia, bem-estar, pets, decoração e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

De acordo com a pesquisa, a prática funciona para pessoas de todas as idades, independentemente de condicionamento físico, rotina ou estado de saúde. Brett Gordon,um dos autores do trabalho, afirma que o aumento do fluxo sanguíneo causado pela prática da atividade física pode ser o responsável pela formação de novas células cerebrais e pela liberação de endorfina, o que, segundo ele, ameniza os sintomas da depressão.

“Além disso, o treino com variação de pesos, séries e repetições aumenta a autoconfiança por estimular a evolução da força, equilíbrio e coordenação da aluna”, explica Rodrigo Brito, educador físico da Fórmula Academia, em São Paulo. 

 

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração e pets:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas