Prefeitura assina convênio e vai repassar R$ 200 mil para o Projeto Axé

salvador
09.09.2019, 23:35:59
Atualizado: 09.09.2019, 23:43:31
(Secom/Divulgação)

Prefeitura assina convênio e vai repassar R$ 200 mil para o Projeto Axé

Vice Bruno Reis destacou importância do poder público ser próximo de organizações sociais

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um convênio entre o Projeto Axé e a prefeitura foi firmado nesta segunda-feira (9), através da Secretaria de  Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ). O vice-prefeito Bruno Reis esteve hoje na sede da entidade, no Pelourinho, para assinar o acordo, que prevê repasse de cerca de R$ 200 mil para ajudar a custear ações do projeto. Os recursos vieram do Fundo Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (FMDCA)

O vice-prefeito destacou a importância do poder público estar próximo das organizações sociais. “Em vez de construir, equipar, montar equipe e fazer a gestão, é muito melhor estabelecer parcerias, permitindo atender mais pessoas. O Projeto Axé tem profissionais qualificadíssimos, uma estrutura já pronta, com pessoas que fazem desse trabalho de acolhimento às crianças e adolescentes a causa de suas vidas, com muito amor e vontade de servir”, afirma.

O coordenador-geral do projeto, Helmud Shned, disse que o dinheiro vai pagar a manutençao dos serviços da entidade, que atende cerca de 400 jovens nas suas unidades e outras mil pessoas nas ruas diariamente. O valor vai ser usado para contratar profissionais e comprar comida. “Hoje é um dia de festa”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas