Prefeitura compra 169 ônibus com ar-condicionado para Salvador

salvador
10.09.2021, 16:46:00
Atualizado: 10.09.2021, 16:46:13
Novos veículos têm motor de combustão a diesel do tipo Euro 5, que emitem até 60% menos a descarga de óxido de nitrogênio na atmosfera (Foto: Divulgação/PMS)

Prefeitura compra 169 ônibus com ar-condicionado para Salvador

Aquisição praticamente dobra o número de veículos climatizados disponíveis na cidade

No refresco: o transporte coletivo receberá mais 169 ônibus com ar-condicionado. O anúncio foi realizado pelo prefeito da cidade, Bruno Reis, que está em São Paulo acompanhado do secretário de Mobilidade (Semob), Fabrizzio Muller. Ambos visitaram a fábrica da montadora durante a manhã para conhecer de perto os novos veículos que farão parte da frota regular da cidade.

O prefeito afirmou que encara a mobilidade urbana como o maior problema de Salvador e comemorou a oportunidade de comprar os veículos mesmo vivendo um momento de crise. 

"Estamos fazendo a maior aquisição (de ônibus) no Brasil, inclusive é a maior entrega que a montadora está fazendo este ano dentre os seus compradores. Com a chegada desses ônibus, praticamente 40% de toda a frota terá ar condicionado. Essa política será seguida ano a ano, de investir e renovar a os ônibus até a totalidade da frota na cidade”, disse. 

De acordo com a Prefeitura, Salvador conta com 199 ônibus climatizados em sua frota. A aquisição praticamente dobra o número para 368 veículos. Segundo Fabrizio Muller, o sistema de transporte coletivo da cidade ainda sofre com  os efeitos da pandemia, que agravou ainda mais a situação financeira das empresas.

"Com uma aquisição deste porte Salvador sinaliza claramente seus objetivos para o transporte público, buscando oferecer mais qualidade e conforto para a população que utiliza os ônibus da cidade”, disse o secretário.

Os veículos serão operados pelas empresas OTTrans e Plataforma e começam a ser entregues ainda este mês de setembro, de forma escalonada, e já poderão entrar de forma imediata na operação. Até o final de outubro, todos os ônibus devem estar em circulação na cidade. 

As linhas que receberão os novos veículos ainda estão sendo definidas e serão anunciadas em breve. “Daremos preferência às linhas que transportam um maior número de usuários e que tenham percursos mais longos, passando por grandes corredores de tráfego”, completou o secretário.

Os novos veículos têm motor de combustão a diesel do tipo Euro 5, que emitem até 60% menos a descarga de óxido de nitrogênio na atmosfera, além de reduzir também a emissão de monóxido de carbono hidrocarbonetos totais, entre outros gases poluentes. Compostos por equipamentos de acessibilidade, os ônibus têm capacidade de transporte padrão para, aproximadamente, 40 passageiros sentados.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas