Titular da SSP recebe ator baleado por policial e promete apuração rigorosa

salvador
14.06.2018, 19:58:29
Atualizado: 14.06.2018, 21:30:08
(Foto: Camila Souza/GOVBA)

Titular da SSP recebe ator baleado por policial e promete apuração rigorosa

Leno Sacramento, que se considera vítima de racismo, levou tiro na perna em abordagem

O titular da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Maurício Barbosa, reuniu-se com o ator Leno Sacramento, 42 anos, e outros integrantes do Bando de Teatro Olodum, no final da tarde desta quinta-feira (14), para discutir as medidas que serão tomadas pela pasta sobre a abordagem realizada por agentes da Polícia Civil na qual o artista acabou baleado na perna.

O incidente ocorreu na tarde dessa quarta, nas proximidades do Forte de São Pedro, no Centro de Salvador, e terminou com um ferimento à bala na perna esquerda do ator. O encontro ocorreu no Centro de Operações e Inteligência 2 de Julho (COI), no CAB. 

Leno deixa delegacia amparado, após prestar queixa nos Barris (Foto: Almiro Lopes/Arquivo CORREIO)

Ao lado do cenotécnico Garley Souza, amigo que o acompanhava na ocasião e que também foi abordado pelos policiais, Leno narrou todo o acontecimento para Maurício Barbosa e outras autoridades presentes.

"Os fatos serão devidamente apurados e acompanhados com todo o afinco que o caso requer, não somente pela Polícia Civil, mas pela Secretaria da Segurança Pública. Caso seja comprovada, dentro dos ritos, uma ação ilegal dos agentes, os mesmos serão devidamente punidos", garantiu Barbosa, em nota divulgada pela SSP.

(Foto: Camila Souza/GOVBA)
(Foto: Camila Souza/GOVBA)

Já o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, destacou que "nós não apoiamos condutas como as que ocorreram ontem. Há uma persistência de nossa parte em capacitar, todos os dias, os policiais, com o intuito de evitar casos de racismo e intolerância protagonizados por membros da corporação. A Corregedoria já está à frente para se ter o melhor resultado possível e se chegar à verdade e às medidas cabíveis".

Além de Leno e Garley e outros atores do Bando, estiveram presentes o presidente do Olodum, João Jorge Rodrigues, e o diretor do Teatro Vila Velha, ex-secretário estadual da Cultura Márcio Meirelles. Também participaram do encontro as secretárias estaduais de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, e de Cultura, Arany Santana.