Trecho da Av. ACM é interditado após carro bater e derrubar poste

salvador
28.06.2019, 06:07:07
Atualizado: 28.06.2019, 16:17:50

Trecho da Av. ACM é interditado após carro bater e derrubar poste

Segundo a Transalvador, o tráfego foi desviado por dentro da rodoviária

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um poste caiu após um carro  - modelo Corolla, de placa JRX 1224 - bater na Avenida ACM, no início da manhã desta sexta-feira (28). Segundo a Transalvador, o acidente aconteceu por volta das 5h30. 

Por causa da queda do equipamento, as faixas na altura da Rodoviária, no sentido Rótula do Abacaxi foram interditadas. O engarrafamento já chegou até a Avenida Paralela. Segundo a Transalvador, o tráfego foi desviado por dentro da rodoviária. 

A pista foi liberada cerca de três horas depois, às 8h40.

(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

O gás do carro escapou e deixou um cheiro forte no local. O motorista, que não teve o nome divulgado, foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde, até o final da tarde desta sexta-feira (28), permanecia internado. O estado de saúde da vítima é considerado estável. 

Equipes da Transalvador, Salvar, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar estiveram no local. A energia do entorno foi desligada. A energia do entorno foi desligada e os técnicos da Coelba aguardaram a chuva passar para operar em segurança.

"A batida de um veículo em um poste, próximo à Rodoviária de Salvador, na manhã desta sexta-feira (28),  provocou o desligamento da rede elétrica da região às 5h27. A Coelba atuou rapidamente e normalizou a maioria dos clientes às 6h21. Neste momento, três consumidores continuam interrompidos e os técnicos da concessionária atuam na substituição do equipamento", afirmou a Coelba, em nota.  Estão sem energia o posto de combustível e dois pontos de iluminação pública, segundo a companhia de energia. 

O terminal de ônibus  ficou sem energia e os geradores tiveram que ser acionados. A CCR Metrô, através de assessoria, informou que a estação de ônibus, administrada pela concessionária, possui geradores de energia. "O funcionamento do metrô não foi alterado", afirmou a CCR. 

Nesta manhã houve uma falha em um trem do metrô, que acabou refletindo na circulação na linha 2. "A operação já foi normalizada. Não tem a ver com o acidente na região", destacou a CCR Metrô. 

Dos prejudicados pelo desligamento de energia, devido ao acidente, um funcionários de um posto de gasolina em frente à rodoviária, relataram que quando chegaram para abrir o posto e a conveniência os bombeiros já haviam socorrido a vítima e o local já estava sem energia.  

"Eu cheguei cedo, uns 20 minutos antes de iniciar minha jornada de trabalho, por volta de 5h50 e já tinha acontecido o acidente. Corri para abrir a loja por causa dos alimentos nos freezers e geladeiras, para não correr o risco de perder nada. Inclusive, agora que os carros estão desviando por dentro da rodoviária, não podemos abastecer e nem vender nada da loja, infelizmente", contou um funcionário do posto BR que preferiu não se identificar. 

O casal de namorados Matheus Silva e Vânia Silva aguardavam em frente ao posto de gasolina uma van que faria um percurso bate e volta para a cidade de Nossa Senhora do Socorro (SE), para curtirem um show da cantora Joelma. Eles saíram de casa sem saber do acidente que causou o desligamento da energia e o desvio de veículos por dentro da rodoviária.

"Nós estamos aguardando a van. Infelizmente não ligamos a TV mais cedo e acabou surpreendidos com essa situação. Agora só nos resta esperar e ver se a van consegue chegar aqui no horário marcado. Não sei o que houve, mas pelo estrago do veículos, dá para ver que esse é mais um motorista irresponsável que dirige em Salvador, não tinha necessidade dele passar nesse trecho em alta velocidade tão cedo da manhã, por sorte ele não causou algo pior", contou o casal.

*com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas