TV terá programação especial na canonização de Irmã Dulce

entretenimento
12.10.2019, 13:00:00
Atualizado: 12.10.2019, 23:15:23
(Osid)

TV terá programação especial na canonização de Irmã Dulce

Transmissão neste domingo (13) começa às 5h da manhã

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Amanhã, acontece a canonização da baiana Irmã Dulce (1914-1992), que se tornará a primeira santa nascida no Brasil. Por isso, diversos canais de TV vão cobrir a cerimônia direto do Vaticano.

Dos estúdios da Globo, no Rio de Janeiro, Maria Beltrão e Gerson Camarotti apresentam a solenidade a partir das 5h da manhã, com comentários do Monsenhor André Sampaio e participação dos correspondentes Ilze Scamparini e Rodrigo Carvalho diretamente do Vaticano.

A cerimônia será transmitida por Globo, GloboNews e G1. Às 6h40, a Globo encerra sua transmissão, mas o G1 e a GloboNews continuam acompanhando a repercussão no Vaticano e no Brasil em tempo real.

A TVE inicia sua transmissão também às 5h, com apresentação de Jhonatã Gabriel. Ao longo da cerimônia, a emissora vai exibir conteúdos sobre a história da beata, sua trajetória e as Obras Sociais, um dos maiores complexos de saúde com serviço gratuito do Brasil. A transmissão pode ser acompanhada também pelo portal da TVE. Quem não assistir pela manhã terá uma chance: a cobertura especial será reexibida no mesmo dia, às 21h.

Emissoras religiosas, como Canção Nova, Aparecida e Rede Vida também realizarão a cobertura ao vivo. O Santuário de Irmã Dulce, na Av. Dendezeiros, terá um telão para transmitir ao vivo a cerimônia.

Hoje, haverá também alguns programas dedicados à Santa Dulce dos Pobres. Às 13h05, o Via Brasil, da GloboNews, mostra a importância das cartas e da escrita na construção e manutenção das obras filantrópicas, além de revelar ligações entre momentos importantes da vida de Irmã Dulce e o número 13. Às 14h30, o GloboNews Especial Irmã Dulce mostra um grupo de jovens de Salvador que se prepara para celebrar a canonização. O programa também vai mostrar a história de pessoas que dão continuidade ao trabalho da freira. Nos jornais da TV Bahia, o repórter Ricardo Ishmael, que foi para o Vaticano, fará algumas participações.

Amanhã às 20h, o Canal Brasil exibe o filme Irmã Dulce, cinebiografia dirigida por Vicente Amorim. Contemplando da década de 1940 aos anos 1980, o longa-metragem mostra como a religiosa católica enfrentou uma doença respiratória incurável, o machismo, a indiferença de políticos e até mesmo os dogmas da Igreja para dedicar sua vida ao cuidado dos miseráveis.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas