Veja dicas de como usar reels do Instagram para alavanca vendas

empregos
29.11.2021, 13:00:00
Aprenda a tirar proveito da ferramenta do Instagram para aumentar as vendas e engajar seguidores (Ascannio / Shutterstock.com)

Veja dicas de como usar reels do Instagram para alavanca vendas

CORREIO ouviu especialistas que ensinam como turbinar vendas e aumentar o engajamento através dessa ferramenta

A empreendedora Adelaide Nascimento, 34 anos, dona da @lojadivinapreta, começou a usar o Instagram como ferramenta de marketing há nove anos. Como o showroom da marca ficava um tanto escondida, ela percebeu que a rede social colaborava para trazer visibilidade e clientes. "Eu apresentava as peças e as clientes iam até a loja. Quando engravidei, a minha página esfriou um pouco porque eu fiquei limitada e senti um impacto muito grande nas vendas", relembra. 

Quando conseguiu voltar às atividades como empreendedora, mesmo com poucos recursos, Adelaide foi buscar conteúdos gratuitos que a ajudassem a tirar proveito da ferramenta. "Quando o reels chegou, foi melhor ainda! O Instagram começou a circular mais minhas postagens, fazendo com que mais pessoas visualizassem minha página e muitas se tornaram novas clientes", comemora.

Jéssica Dantas defende o reels como melhor ferramenta do Instagram para alcançar mais pessoas interessadas no objeto do negócio (Foto: Divulgação)

Um dos conteúdos que ajudou nessa retomada foi produzido por Jéssica Dantas, do Fala Dantas. Para a influenciadora digital, o reels é a melhor ferramenta do Instagram para alcançar mais pessoas interessadas no objeto do empreendedor. "Principalmente agora, que o Instagram está investindo muito nessa ferramenta (inclusive, irá começar a pagar criadores de acordo com as visualizações) e a entrega está melhor que outros formatos como post, IGTV e lives por exemplo", esclarece Jéssica. 

Canais

O CEO da proptech Minha Casa Financiada Vinicius Motta vai além e diz que todas redes sociais são canais de vendas. "Para tanto, basta se adequar ao padrão de cada uma. As empresas têm que ser Omnichannel, ou seja, ter diversos canais e atender os clientes em um único ponto central  O reels é um desses canais", argumenta.  

Vinicius Motta acredita que, para falar melhor com os clientes, as empresas precisam explorar diversos canais e que o Reels é uma dessas ferramentas (Foto: Divulgação)

Vinicius salienta que a ferramenta é uma “força tarefa do Instagram” para responder ao concorrente direto, que tomou o mundo rapidamente, o TikTok. "Muito usado por adolescentes e jovens, esse aplicativo tem um poder gigante no mundo e o Instagram, não querendo perder seu espaço no mercado e nas telas dos celulares, criou o reels como resposta imediata e competitiva", esclarece, destacando que, com o reels, há mais chances de viralizar e ter o conteúdo visto por milhões de pessoas. 

"Para as empresas, é uma oportunidade de divulgar sua marca e vender mais. Dessa forma as companhias e empreendedores que veem isso, logo se tornam os canais de mais influência no mercado, que muda constantemente", pondera.

Bons usos

Jéssica Dantas ressalta que o reels comporta conteúdos de fácil entendimento (topo de funil) e de entretenimento. "São conteúdos leves, que geram identificação com o público, fazendo-os se sentir representados, e conteúdos que ensine algo rápido, que tire dúvidas comuns ou mostre formas de uso", ensina.

Para a influenciadora, as danças são apenas um tipo das infinitas formas de entreter alguém. "Se não se sente confortável com isso, só não fazer", completa.

A idealizadora do Fala Dantas sugere que os roteiros dos vídeos sejam elaborados levando em conta a empatia, dessa forma, vale se questionar: “nossa, isso me ajudou muito, sempre quis saber isso” ou “caramba, muito eu, já aconteceu comigo também”. "Se você fosse seu cliente, que tipo de conteúdo gostaria de ver? Pense nisso", afirma, destacando que, além da conexão que se precisa ter com os seguidores, é necessário seguir os quatros pilares da matriz de conteúdo que é inspirar, ensinar, entreter e vender. 

Humanização

Motta defende que não há conteúdo certo ou errado na ferramenta, mas as empresas têm que ser mais humanas nesse tipo de canal. "Não dá para botar um vídeo institucional, pois não vai ter retorno nenhum. A ideia é humanizar os negócios, gerar conexão, gerar engajamento, humanizar empresas, negócios e ideias", orienta.

Ele destaca ainda que é necessário ter cuidado com os áudios. "Seu vídeo pode ser muito bom, mas se seu som não é um que está engajando na rede, seu reels pode não ter visualizações", diz, além de atentar para uma boa atração até os produtos. "Para a empresa, não adianta views sem venda. Então chame seu público para o que você deseja", complementa.

No caso de Adelaide, essa atração funcionou bem e, no ano passado, mesmo com a pandemia e a necessidade de fechar a loja física, ela conseguiu cadastrar 700 clientes e fidelizar muitos deles. "Após um ano, consegui reabrir minha loja física e estamos atendendo aos dois públicos agora. Graças ao Instagram, minha loja não fechou na pandemia. Era raro eu ficar um dia sem vender", diz. 

Adelaide reconhece que o sucesso só foi possível porque também houve muita dedicação,estudo, além de ter buscado formação na área. "O meu maior erro foi não ter dado tanta importância ao Instagram logo no início da minha loja, há sete anos. Se eu tivesse investido nessa ferramenta logo no início, com toda certeza hoje meu negócio estaria muito mais adiante. Acerto eu considero a forma humanizada que trato minhas clientes, os vídeos que faço e que incluo meu marido e minha filha", reconhece. 

Adelaide afirma que o motivo de usar o reels é poder entreter e informar como usar os produtos que comercializa e as infinitas possibilidades de montar looks."Um ponto importante é que as peças não ficam mais encalhadas e no reels a divulgação e visualização triplica", finaliza. 

Passos para o Reel de sucesso

  1. Faça um storytelling em seus reels 
  2. Faça a pessoa te seguir para assistir os próximos.
  3. Mostre transições - antes e depois. 
  4. Mostre lifestyle
  5. Abuse de áudios que engajam. Use músicas que estão em alta ( fica com uma setinha ao lado do nome da música)
  6. Abuse dos recursos do reels
  7. Seja inusitado
  8. Seja irreverente 
  9. Se conecte com seu público.
  10. Pessoas compram de pessoas não de empresas.
  11.  Prenda atenção do seguidor nos 3 primeiros segundos 
  12. Não deixar marca d’água de outros app como tiktok 
  13. Cuidar da estética e imagem filmada, esteja em ambientes claros 
  14. Não pense em ser útil só pra você, só mostrando produto. Crie contexto e seja útil ao cliente 
  15. Escreva título chamativo 
  16. Faça chamada para ação de marcar alguém, curtir ou compartilhar 
  17. Tenha constância, você só ficará boa fazendo mais de uma vez 
  18. Use transições criativas para prender atenção 
  19. Aproveite a legenda para dar mais conteúdo e explicar sobre o assunto do vídeo. Quanto mais tempo alguém passa no seu reels, melhor pra você!

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas