Vitória faz sua segunda pior campanha da Série B na história

e.c. vitória
16.07.2021, 05:05:00
Vitória não ganha há seis jogos na Série B (Pietro Carpi/EC Vitória)

Vitória faz sua segunda pior campanha da Série B na história

Leão tem apenas nove pontos em 11 jogos e está na zona de rebaixamento

A fase do Vitória não é nada boa dentro e fora dos gramados. Com o início conturbado da equipe na Série B, jogadores e membros da comissão técnica rubro-negra foram recebidos na quinta-feira (15) no aeroporto de Salvador sob protesto da torcida. A manifestação aconteceu pouco antes do embarque do Leão para o Rio Grande do Sul, onde fará seu próximo duelo.

Um dos alvos da cobrança dos torcedores foi o presidente do clube, Paulo Carneiro – que não estava presente. Durante a manifestação, o técnico Ramon Menezes e o preparador físico Ednilson Sena desceram do ônibus e conversaram com o grupo, que cobrou raça ao elenco.

Neste sábado (17), o time enfrentará o Brasil de Pelotas, às 11h, no estádio Bento Freitas. A esperança é de quebrar a sequência ruim na Série B e voltar a vencer após seis partidas. Durante o jejum, o maior da temporada, o Leão acumulou três derrotas e três empates e caiu para a 17ª posição, com nove pontos. Está na zona de rebaixamento.

O cenário, aliás, é ainda pior olhando o retrospecto. É a primeira vez que o Vitória chega à 12ª rodada da Série B, na era de pontos corridos, tendo ganhado apenas uma vez. Até em 2019, quando tinha menos pontos a essa altura do campeonato (7), já havia vencido duas partidas. A diferença está no número de empates: enquanto a equipe acumula seis em 2021 (e quatro derrotas), tinha somente um em 2019 (e oito derrotas).

No passado
O melhor histórico do Vitória nas 11 primeiras rodadas é o de 2012, um dos anos em que o rubro-negro conquistou o acesso. Já tinha à época 25 pontos, com oito vitórias, um empate e duas derrotas. É quase o triplo da pontuação que tem hoje, com a mesma quantidade de partidas disputadas.

Em 2007, outro ano em que garantiu a ida para a Série A, o Leão fechou a 11ª rodada com 18 pontos, após seis vitórias e cinco derrotas. Em 2015, já tinha 20 pontos, com seis triunfos, dois empates e três derrotas.

No ano passado, também estava bem melhor nesse momento da segunda divisão. O Leão somava 17 pontos, depois de ganhar quatro partidas, empatar cinco e perder duas. Mas, a partir da 12ª rodada, entrou em um jejum que durou nove jogos e se viu brigando contra o rebaixamento, assim como faz atualmente.

Se forem analisadas as campanhas do rubro-negro na Série A desde que o sistema de pontos corridos foi adotado, em 2003, apenas uma vez o time começou tão pouco vitorioso: 2014. 

Da mesma forma que na temporada atual, o Leão havia ganhado só uma partida nas 11 primeiras disputadas. Com cinco empates e cinco derrotas, somava oito pontos. Esse retrospecto não tem final feliz: a equipe caiu para a Série B ao fim daquele ano, em 17º lugar.

Para não repetir uma possível queda, que nesse caso seria para a Série C, é preciso voltar a vencer o quanto antes. Ontem, antes do embarque para o Rio Grande do Sul, o time fez o último treino em Salvador. Hoje, volta a trabalhar em Porto Alegre e, após o almoço, seguirá para Pelotas. 

Os zagueiros Marcelo Alves e Wallace serão desfalques. O primeiro está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e o segundo foi vetado pelo departamento médico, após ter uma contratura muscular diagnosticada. No setor, o técnico Ramon Menezes tem à disposição Thalisson Kelven, João Victor e Mateus Moraes. Os dois primeiros devem ser titulares.

Campanhas do Vitória na era de pontos corridos até a 11ª rodada:

11ª rodada - Série B
2005 - 16 pontos, com 4 vitórias, 4 empates e 3 derrotas
2007 - 18 pontos, com 6 vitórias, 0 empates e 5 derrotas
2011 - 17 pontos, com 5 vitórias, 2 empates e 4 derrotas
2012 - 25 pontos, com 8 vitórias, 1 empate e 2 derrotas
2015 - 20 pontos, com 6 vitórias, 2 empate e 3 derrotas
2019 - 7 pontos, com 2 vitórias, 1 empate e 8 derrotas
2020 - 17 pontos, com 4 vitórias, 5 empates e 2 derrotas
2021 - 9 pontos, com 1 vitória, 6 empates e 4 derrotas

11ª rodada - Série A
2003 - 15 pontos, com 4 vitórias, 3 empates e 4 derrotas
2004 - 16 pontos, com 5 vitórias, 1 empate e 5 derrotas
2008 - 20 pontos, com 6 vitórias, 2 empates e 3 derrotas
2009 - 20 pontos, com 6 vitórias, 2 empates e 3 derrotas
2010 - 14 pontos, com 3 vitórias, 5 empates e 3 derrotas
2013 - 18 pontos, com 5 vitórias, 3 empates e 3 derrotas
2014 - 8 pontos, com 1 vitória, 5 empates e 5 derrotas
2016 - 13 pontos, com 3 vitórias, 4 empates e 4 derrotas
2017 - 9 pontos, com 2 vitórias, 3 empates e 6 derrotas
2018 - 12 pontos, com 3 vitórias, 3 empates e 5 derrotas

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas