WhatsApp se prepara para substituir aplicativos de bancos

bazar
04.06.2018, 17:02:00
(Foto: Divulgação)

WhatsApp se prepara para substituir aplicativos de bancos

Aplicativo de mensagens lança plataforma para transições financeiras na India; bancos brasileiros já usam a rede para isso

Desde que o Facebook anunciou suporte a bots, softwares que realizam atividades de forma repetitiva, como robôs, começou-se a especular sobre a força disso para automatizar atendimentos de bancos. Primeiro os olhos se voltaram para o Messenger, mas agora o WhatsApp é quem está na mira das empresas.

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, tecnologia, bem-estar, pets, decoração e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

O Banco do Brasil já saiu na frente e, desde fevereiro, oferece consulta de saldo e extrato bancário na plataforma a funcionários e alguns clientes. O sistema é parecido com o que o banco já oferece no Messenger, mas ainda está em fase de testes.

Agora o WhastApp vai oferecer outras possibilidades como suporte para pagamentos e transferência de dinheiro. Por enquanto, a novidade valerá apenas na Índia e deve chegar ao país na próxima semana depois de alguns meses de testes. A solução é desenvolvida pela National Payments Corporation of India, organização do país responsável pelos sistemas usados no varejo.

 

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, bem-estar, tecnologia e pets:

E, recentemente, o Itaú anunciou um teclado para Android e iOS, que permite fazer transferências sem que o usuário precise sair do zap pra isso. Apesar de não ser uma novidade relacionada diretamente ao WhatsApp, é bom lembrar que em setembro de 2017 o banco começou a testar o uso do aplicativo para atender alguns clientes de renda mais alta.

A pergunta é: quando é que pessoas com renda mais baixa, tipo a maioria das pessoas do mundo terão acesso a essas mudanças? De acordo com os executivos do zap, isso ainda vai demorar um pouco.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas