salvador

Ônibus continuam sem entrar no final de linha da Fazenda Grande do Retiro

Coletivos mudaram itinerário após rodoviários serem assaltados no ponto de descanso

  • D
  • Da Redação

Publicado em 29 de fevereiro de 2016 às 07:58

 - Atualizado há um ano

Os ônibus ainda não estão completando o itinerário até o final de linha da Fazenda Grande do Retiro, na manhã desta segunda-feira (29). Segundo informações do presidente do Sindicato dos Rodoviários, Hélio Ferreira, o último ponto que os ônibus param é em frente à Empresa Gráfica da Bahia (Egba).

[[galeria]]

Os coletivos pararam de circular no final de linha neste domingo (28), quando três rodoviários foram assaltados por dois bandidos dentro do módulo de descanso que a categoria tem no final de linha.

Uma média de 60 coletivos circulam no bairro. Ainda de acordo com Ferreira, não há previsão de quando a situação deve ser normalizada. “O policiamento tem nos apoiado bastante, mas os assaltos continuam nos pontos de apoio. Só podemos voltar quando houver a garantia do mínimo de risco para os rodoviários”, afirmou.

A Polícia Militar da Bahia informou que a 9ª Companhia Independente da Policia Militar (CIPM), que atua na área, tem intensificado as ações através do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), além de utilizar a base móvel de segurança e de moto patrulhamento no combate ao crime. Também são realizadas abordagens preventivas e radio patrulhamento diariamente.

Em nota, a PM acrescentou que “continua garantindo a segurança à comunidade” e que a decisão de suspender o transporte até o final de linha está a cargo do Sindicato dos Rodoviários.