Criança de 9 anos morre e prima de 13 fica ferida em atentado na Bahia

A menina foi baleada no peito e a prima no braço. Félix Pereira Nascimento, 23 anos, e um adolescente de 15 já foram detidos

Publicado em 8 de outubro de 2015 às 12:20

- Atualizado há 10 meses

Bruna Araújo Santos, 9 anos, morreu e a prima dela de 13 ficou ferida após as duas serem baleadas por três suspeitos - entre eles dois adolescentes - em Vitória da Conquista, no Centro-Sul da Bahia. O crime aconteceu na porta da casa das vítimas, no bairro Cruzeiro, na noite da quarta-feira (7).

Testemunhas relataram que os suspeitos chegaram ao local procurando pelo irmão de uma das jovens, segundo informações da 77ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e da Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista.Junto com os adolescentes foi encontrado uma pequena quantidade de maconha, plásticos para embalar a droga, uma pistola de calibre 380 com 10 cartuchos de munição e um outro cartucho de calibre 40 (Foto: Divulgação/PM)Mesmo sem encontrar o alvo, os suspeitos fizeram vários disparos e fugiram. Bruna, que estava na porta de casa, foi atingida no peito, enquanto a prima foi baleada de raspão no braço. Elas foram socorridas por familiares para o Hospital de Base de Vitória da Conquista, mas Bruna já estava morta ao dar entrada na unidade médica. A outra garota passa bem.

A PM realizou buscas e localizou dois dos criminosos ainda na noite de ontem, em um imóvel no bairro Cruzeiro. Félix Pereira Nascimento, 23 anos, e um adolescente de 15 foram detidos e levados para a delegacia. Junto com os suspeitos foram encontrados maconha, plásticos para embalar a droga, uma pistola de calibre 380 com 10 cartuchos de munição e um outro cartucho de calibre 40.

Uma testemunha reconheceu os jovens, que confessaram a participação no crime. Posteriormente em novo depoimento nesta quarta-feira (8) na Delegacia de Homicídios, os dois negaram envolvimento com o crime, segundo o delegado Udson Santana. A polícia acredita que o revólver utilizado durante a ação esteja com um terceiro suspeito, que já foi identificado e está foragido. "Nós já intimamos a família para vir aqui conversar sobre o que aconteceu, mas eles estão envolvidos com o enterro da garota e ainda não vieram. Até agora só ouvimos uma testemunha que passou pelo local, mas não deu muito detalhes. Continuamos investigando e procurando o outro adolescente", disse. Ainda de acordo com o delegado Udson Santana, os dois rapazes detidos já possuem registros por tráfico e roubo. O caso está sendo investigado pelo titular da Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista, o delegado Nelberto Costa.