Prefeitura teve documentos roubados, afirma prefeito de Ipiaú

No primeiro dia de trabalho, até HD faltava nos computadores, diz funcionários

Publicado em 7 de janeiro de 2009 às 19:57

- Atualizado há 9 meses

A nova gestão municipal iniciou as atividades sem programas nos computadores e documentos de licitação, contratos, contas, convênios e o exercício financeiro de dezembro. O prefeito Deraldino Araújo (PMDB) registou uma queixa crime na Delegacia da cidade, que investiga o caso.

Armários foram encontrados sem documentos

No primeiro dia de trabalho na Prefeitura, os funcionários encontram computadores até sem HD', comentou o assessor da prefeitura, Gil Silva. O mais grave, alerta o assessor, é que dados sobre beneficios sociais, como o Bolsa Família também desapareceram. As secretarias mais afetadas foram as de Finanças e a de Ação Social.

Segundo o delegado de Ipiaú, Chardson Castro, um notebook já foi recuperado e testemunhas, funcionários e ex-funcionários da prefeitura já começaram a ser ouvidas. Procurado pelo CORREIO, Deraldino Araújo confirmou o sumiço de documentos e equipamentos,  mas evitou entrar em maiores detalhes sobre o furto na Prefeitura.