Presos de Alagoinhas ameaçaram se rebelar neste sábado (3)

Após reunião com juiz e promotor, detentos concordaram em voltar para cela

Publicado em 3 de janeiro de 2009 às 22:26

- Atualizado há 9 meses

Cerca de 40 presos se amotinaram neste sábado (3), ameaçando iniciar uma rebelião na delegacia de Alagoinhas. Dentre as reclamações estavam a má qualidade da comida, o pouco tempo do banho de sol e o fato de nem todos os presos poderem receber visitas.

Os presos começaram o movimento pela manhã, durante o banho de sol. Eles quebraram cadeados e tocaram fogo em colchões como maneira de protestar. Eles também chegaram a ameaçar bater em outros presos, acusados de crimes como estupro.

Somente por volta das 17h30 os presos concordaram em negociar com o coordenador do Coorpin de Alagoinhas, Ricardo Brito, e um promotor e um juiz. Segundo informações da TV Subaé, afiliada da Rede Globo, as reivindicações foram aceitas e os detentos concordaram em voltar para as celas, o que aconteceu às 19h.

A delegacia tem capacidade para 40 presos e tem, no momento, 68.