Suposto mandante de chacina em Feira de Santana se apresenta

Cinco pessoas foram queimadas vivas na cidade na semana do Natal

Publicado em 13 de janeiro de 2009 às 18:59

- Atualizado há 9 meses

Um traficante conhecido como “Juninho”, que é acusado de ser o mandante da cachina que queimou cinco pessoas vivas na cidade na semana do Natal, está sendo ouvido na tarde desta terça-feira (13) na 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin-Feira de Santana).

Segundo a Coorpin, ele se entregou na sala da Ordem dos Advogados da Bahia (OAB), no Fórum Felinto Bastos. Em seguida foi encaminhado para a Delegacia, onde está prestando depoimento ao delegado Fábio Lordello.

Outros dois homens já haviam sido presos no final do ano. Heitor Matias Silva, conhecido como 'Cabeleira', 18 anos e Edvaldo Santos Barreto, chamado pelo apelido de Buiú, 19 anos, confessaram o crime.

Veja também: