Três homens são achados mortos às margens da BR-324

Corpos foram encontrados na manhã desta sexta-feira (9) em um canavial do município de São Sebastião do Passé

Publicado em 9 de outubro de 2015 às 15:48

- Atualizado há 10 meses

Os corpos de dois adolescentes e um homem foram encontrados na manhã desta sexta-feira (9) em um canavial às margens da BR-324, trecho do município de São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador. Duas vítimas foram identificadas como Eriko Pinto de Assis e Sidnei Pereira Pinho, ambos de 17 anos. O terceiro homem ainda não foi identificado.

De acordo com informações da Central de Polícia, os corpos foram localizados por volta das 7h35, em uma propriedade localizada no km-561 da rodovia, na entrada de Terra Nova, sentido Feira de Santana. A delegada de São Sebastião do Passé, Joana Angélica, informou que populares encontraram os corpos e avisaram a polícia de Terra Nova.

"Os corpos foram encontrados em um canavial, um local com barro, mas estavam limpos. Não havia sinais de terra neles, o que indica que não foram mortos ali. Todos estavam vestidos e não estavam amarrados ou presos, também não havia sinais de sangue, o que reforça a ideia de que foram mortos em outro local e deixados depois no canavial", contou a delegada. 

Ainda segundo a polícia, os corpos tinham marcas de tiros de grosso calibre, a maioria na cabeça, mas não foi possível identificar antes da perícia qual foi o armamento usado. Na tarde desta sexta-feira a delegada ouviu os familiares de Eriko e Sidnei.

"Os parentes confirmaram que os dois tem envolvimento com o tráfico de drogas e contaram que Eriko foi visto pela última vez no domingo e que Sidnei estava desaparecido há três dias. Eles não souberam informar quem poderia ser os autores do crime, nem a motivação em específico", disse.

A polícia suspeita que as mortes tenham sido provocadas por disputas pelo tráfico de drogas. Eriko morava em Feira de Santana e não tem passagem policial. Sidnei vivia com a família em Amélia Rodrigues e ficou preso no mês passado por cinco dias. Ele foi preso com drogas na região. 

Apesar de os dois adolescentes terem sido encontrados juntos, os familiares de cada um deles disseram não conhecer as outras vítimas. Os três corpos foram encaminhados para o Instituo Médico Legal Nina Rodrigues, em Salvador, e o caso será investigado pela delegacia de São Sebastião do Passé. Até às 18h ninguém havia sido preso.

Lobato

Na tarde desta sexta-feira (9), Denilson Lemos Fraga, 26 anos, foi morto a tiros na Rua do Caju - conhecida como Estrada do Cabrito -  na Avenida Afrânio Peixoto (Suburbana), em Salvador. De acordo com informações da polícia, o crime aconteceu por volta das 14h30, quando dois suspeitos em uma mota dispararam tiros contra a vítima. Denilson foi atingido na cabeça e morreu no local. 

Não há informações sobre a autoria e motivação do crime. Os suspeitos fugiram. O caso está sendo investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios (DH), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba.