Ataque a tiros deixa 2 mortos e 6 feridos em show de funk em Fortaleza

Entre as vítimas está o cabo da Polícia Militar Jeison Feitosa Bezerra, de 37 anos, que estava de folga

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 11 de novembro de 2023 às 18:30

Jeison Feitosa Bezerra, de 37 anos, está entre as vítimas do duplo homicídio
Jeison Feitosa Bezerra, de 37 anos, está entre as vítimas do duplo homicídio Crédito: Reprodução/WhatsApp O POVO

Um ataque a tiros deixou dois mortos e seis pessoas feridas durante uma festa na madrugada deste sábado, 11, em uma casa de shows no bairro Cágado, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (CE). Entre as vítimas está o cabo da Polícia Militar Jeison Feitosa Bezerra, de 37 anos, que estava de folga; a identidade da outra vítima não foi revelada.

Uma câmera de segurança de um posto de combustíveis próximo ao estabelecimento chamado Complexo Botecaria registrou o momento que dois homens passam em uma moto. O passageiro atira em frente à casa de shows. Houve troca de tiros com os seguranças da festa

Os feridos foram socorridos para o Hospital Municipal João Elísio de Holanda e o Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

Um dos sobreviventes, com um ferimento no pé, já recebeu alta. O estado de saúde das demais vítimas não foi informado.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informou que as "Forças de Segurança realizam buscas para identificar e capturar os suspeitos do crime".

A atração principal da noite no estabelecimento foi o funkeiro MC Pierre, intérprete de sucessos como Cabaré e Mentiroso.

O cantor, radicado em São Paulo, ainda fez outras duas apresentações em Fortaleza.

A Polícia Militar do Ceará emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do Cabo Jeison Feitosa Bezerra, da 1º Companhia do 14° Batalhão Policial Militar (1º Cia / 14°BPM).

A Associação de Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará também se manifestou.

"Infelizmente tivemos mais um policial assassinado no Estado do Ceará, nessa onda de violência que vivemos, dessa vez foi o Cabo da Policia Militar do Ceará Jeison Feitosa Bezerra, que estava em uma casa de shows em Maracanaú. O que parecia ser um momento de diversão acabou virando uma tragédia, quando dois homens em uma moto atiraram em direção ao local, acertando o policial e mais 7 pessoas, sendo que duas vieram a óbito, entre elas o PM", diz nota da associação.