Filho de Lula vive há três anos sem pagar aluguel em apartamento em São Paulo

Dono de empresas de marketing esportivo, Luís Cláudio Lula da Silva vive em um imóvel que pertence a um amigo de seu pai

Publicado em 29 de outubro de 2015 às 16:18

- Atualizado há 10 meses

Filho do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, o empresário de marketing esportivo, Luís Cláudio Lula da Silva, vive sem pagar aluguel em um apartamento nos Jardins, em São Paulo. De acordo com a Folha de S. Paulo, o imóvel pertence a um amigo de seu pai. O fato poderia passar despercebido se o nome de Luís Cláudio não estivesse envolvido em contratos milionários. Dono das empresas esportivas LFT Marketing Esportivo e Touchdown, Luís e a mulher, Fátima Cassaro, vivem no apartamento de 158 m² há três anos. O imóvel fica na alameda Jaú e pertence à Mito Participações Ltda, empresa que tem como cotistas a esposa e filhas do advogado Roberto Teixeira, amigo de Lula e padrinho de Luís Cláudio. Empresas de Luís Cláudio foram alvos de busca e apreensão (Foto: Reprodução/Uol)Construído na década de 1970, o apartamento está avaliado em R$ 1,2 milhão e, de acordo com moradores do local, o aluguel gira em torno de R$ 5 mil mensais. Segundo o advogado Cristiano Martins, genro de Teixeira, em entrevista à Folha de S. Paulo, apesar dos valores, Luís Cláudio possui um acordo verbal para que não pague os vencimentos e se encarregue apenas das despesas do imóvel. Compadre de Lula, Roberto Teixeira era dono de um outro imóvel no qual o ex-presidente morou durante oito anos sem pagar aluguel. Em 1997 ele teve nome ligado a um esquema de desvio de recursos de prefeituras do PT. Já em 2006, quando era advogado da Varig Log, ele virou suspeito de usar a amizade com Lula, então presidente, para influenciar na venda da Varig para a Gol. As empresas do filho de Lula também foram alvo de investigações do Ministério Público Federal (MPF). A LFT Marketing Esportivo recebeu R$ 2,4 milhões de uma firma de lobistas suspeita de pagar propina para aprovar a Medida Provisória que beneficiou montadoras.