Igrejas evangélicas pedem saída de Eduardo Cunha da Câmara

Campanha entre 17 igrejas evangélicas pede a saída de Cunha da Câmara

Publicado em 29 de outubro de 2015 às 20:49

- Atualizado há 10 meses

Um abaixo-assinado criado por pastores e bispos de 17 igrejas evangélicas pede a saída imediata de Eduardo Cunha da presidência da Câmara.  A campanha recolhe assinaturas na internet. (Foto: Reprodução)Segundo o jornal O Globo, as igrejas Anglicana, Metodista, Luterana, Batista, Presbiteriana, Congregacional, Sara Nossa Terra, Vyneard, do Nazareno, Cristã de Ipanema, O Brasil para Cristo, Betesda, Aliança Bíblica do Livramento, Capital Augusta, Comunidade Reviver, Rio de Vida, Adventista e Comunidade Gólgota, já se posicionaram contra o presidente da câmara. 

[[saiba_mais]]Líderes e integrantes assinaram o documento e fazem divulgação em redes sociais. Representantes do Movimento Jesus Cristo Cura a Homofobia e da Editora Novos Diálogos também já assinaram o pedido. O presidente foi notificado pelo Conselho de Ética, para apresentar sua defesa na representação que começa a tramitar a partir da próxima semana no colegiado. Cunha foi denunciado por ter contas na Suíça que não foram declaradas. A operação Lava Jato investiga se as contas são mantidas por dinheiro de propina em contratos da Petrobras. O presidente também é denunciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela Procuradoria Geral da República.

* Colaborou Jasmin Chalegre, integrante da nona turma do Correio de Futuro