Vendedora passa R$ 130 por engano, procura foliã na multidão e devolve valor

Caso aconteceu na noite deste domingo, 11 de fevereiro

Publicado em 12 de fevereiro de 2024 às 16:58

Vendedora Joana Silvestre (à esquerda) devolveu R$ 130 cobrados à Isabel da Silva Borges (à direita) em um pratinho de comida durante o Carnaval de Fortaleza
Vendedora Joana Silvestre (à esquerda) devolveu R$ 130 cobrados à Isabel da Silva Borges (à direita) em um pratinho de comida durante o Carnaval de Fortaleza Crédito: Wanderson Trindade / O POVO

Após vender por engano um pratinho por R$ 130, a vendedora Joana Silvestre comunicou o erro no palco, encontrou a cliente e devolveu o valor devido. Caso aconteceu em Fortaleza, no polo do Parque Rachel de Queiroz, na noite deste domingo (11).

“Era por volta das 17h30min, quando olhei minha conta e vi que tinha mais dinheiro do que eu já havia vendido”, diz Joana, que ao ver o extrato da maquininha de cartão de crédito, notou uma compra de R$ 130. O valor tinha sido cobrado de maneira equivocada em uma compra de um pratinho, que na realidade custava R$ 13.

A vendedora afirma que digitou o número errado e que a cliente, que não conferiu o valor, apenas aproximou o celular e processou a compra. Ao perceber o erro, porém, Joana pediu para a organização do evento avisar aos foliões sobre o erro, na tentativa de encontrar a cliente lesada.

Minutos depois, uma cliente retornou à barraquinha de Joana informando ter sido ela quem tinha feito a compra no valor errado. De imediato, a vendedora estornou o dinheiro.

“Aprendi com minha mãe, minha avó e meu avô a ser honesta. Esse dinheiro, que não é meu, não vale nada. A minha honestidade vale muito mais”, declarou.

Graças a essa atitude, Isabel da Silva Borges agora poderá curtir sua folia mais tranquila.

Aos 22 anos, ela é estudante de Serviço Social e diz que no momento da compra não se atentou a olhar o valor, pois seu celular estava descarregando e, portanto, queria poupar bateria.

“Quando ouvi o anúncio no palco, logo pensei que tinha passado por ali e fui conferir na minha conta. Graças a Deus que deu tudo certo. Ela (Joana) foi muito solícita e honesta. Fiquei aliviada”, afirma.

Isabel diz ainda que isso pode ter sido o universo conspirando em seu favor, uma vez que semanas atrás ela mesma chegou a receber um PIX errado – o qual foi prontamente devolvido.

“Era de um senhor lá do interior de São Paulo, que ia pagar seu funcionário e acabou errando a conta. No aplicativo tinha a opção de devolver o valor e fiz isso no mesmo momento”, narra, comentando que o valor recebido havia sido acima de R$ 4 mil.

“Agora vou ficar mais atenta e conferir a maquininha antes de passar uma compra”, declara, informando também que sempre fica observando as movimentações de sua conta.