NO LUGAR DE TONY SALLES?

Atração do Camarote Salvador, Lincoln comenta boato sobre assumir o comando da banda Parangolé

O cantor Tony Salles já anunciou saída da banda

  • Foto do(a) author(a) Priscila Natividade
  • Priscila Natividade

Publicado em 10 de fevereiro de 2024 às 22:12

null Crédito: Priscila Natividade/CORREIO

Uma das atrações que sobem no Palco Praia, do Camarote Salvador, nesta sexta-feira (10) é o cantor Lincoln Sena. Ainda no camarim ele comentou sobre a decisão de dar ré no trio e ajudar a destravar o engarrafamento no circuito Barra-Ondina.

"Isso aqui é nossa Copa do Mundo. A gente se prepara, veste a melhor roupa, prepara o corpo a voz. Quando disseram que não ia ter Carnaval de Salvador, pensamos logo em como podíamos ajudar para que isso não acontecesse, mesmo fosse necessário fazer um sacrifício do carnaval do Lincoln. Percebemos que podíamos dar ré e fiquei muito feliz em ter contribuído. O Carnaval de Salvador é imensamente maior", disse.

Lincoln promete trazer para a apresentação dessa noite um show bem diversificado e com muita identidade das músicas autorais também. "O camarote Salvador reúne gente do mundo inteiro. Vamos ter um repertório para todas as nacionalidades e culturas, mas, sobretudo, com as nossas músicas autorais".

Quando questionado sobre o boato de ter seu nome cogitado para assumir o comando dos vocais da banda Parangole - após o anúncio de saída de Tony Salles - ele garantiu que ainda não recebeu nenhum convite oficial.

"Para mim é uma surpresa o Tony confirmar sua saída e outra surpresa ter meu nome nessa grande marca. Mas é um boato gostoso, não recebi nenhuma sondagem. Acredito que o Parangolé é hoje a maior resistência do pagode baiana, já que os grandes nomes do pagode têm saído em carreira solo. O que a gente tem que torcer é para que a música baiana, o pagode baiano seja levado para todos os cantos".