Alô Alô

Ícone dos anos 1950, restaurante Genaro voltará a funcionar no Centro de Salvador sob comando de Vini Figueira

Espaço fica no Wish Bahia Hotel, no Campo Grande

  • Foto do(a) author(a) Alô Alô Bahia
  • Alô Alô Bahia

Publicado em 13 de abril de 2024 às 05:00

Chef Vini Figueira Crédito: Elias Dantas / Alô Alô Bahia

A presença gastronômica de Vini Figueira em Salvador será ampliada em julho, quando o chef inaugura seu terceiro restaurante na cidade. A nova operação vai funcionar no Wish Hotel da Bahia, no Campo Grande, em um espaço icônico e histórico onde está a obra “Festas Regionais”, concebida pelo artista plástico Genaro de Carvalho na década de 1950. Tombado pelo Iphan, é um dos maiores painéis modernistas do Brasil.

Por conta disso, o restaurante vai se chamar Genaro by Vini Figueira e terá, no almoço, a brasilidade que o seu criador tanto gosta. “A ideia é apresentar um pouco da nossa comida da Bahia, um arroz de hauçá, uma dobradinha, um sarapatel, uma maniçoba, alguma coisa nossa daqui da Bahia. Nós vamos trazer essa culinária de dia e, à noite, teremos um cardápio ítalo-ibérico. Vamos explorar um pouco da mistura de Itália com a Espanha, que eu também amo demais”, adiantou o chef em entrevista ao Alô Alô Bahia.

Sobre a abertura do restaurante, Vini diz estar muito feliz com o convite. “Para mim foi uma honra poder abrir o Genaro e ainda resgatar um restaurante que foi montado para nossa cidade nos anos 50”, destaca. “Para o Wish Hotel da Bahia, a chegada do chef Vini Figueira, que de forma tão excepcional representa a cultura, sabores e encantos da Bahia e que tem um lugar especial no coração dos baianos, é a Bahia viva dentro deste hotel que também é história viva na memória desta cidade”, declarou Priscila Lima, gerente geral do empreendimento hoteleiro.

Além de operar o restaurante, que vai funcionar de terça a domingo para almoço e jantar, Vini vai atender também as demandas dos eventos do hotel através do buffet que comanda.

Memória

A história do Hotel da Bahia se confunde, em certa medida, com a da Bahia. Inaugurado em maio de 1952, foi o principal hotel do estado, e segundo matérias e manchetes de jornais e revistas do Brasil, o mais belo do país. “Trata-se de um ícone do modernismo, com projeto de grandes e reconhecidos arquitetos, como Diógenes Rebouças e Paulo Antunes Ribeiro”, destaca o historiador Rafael Dantas.

No espaço que será comandado por Vini Figueira funcionou, na época, o principal restaurante da cidade. “Era um local frequentado por artistas, celebridades, políticos, por onde passou a família Rockefeller, todos os presidentes da república do Brasil dos anos 50 até os 90, além de personalidades como Assis Chateaubriand, Odorico Tavares, Antônio Carlos Magalhães, Luiz Viana Filho, Jorge Amado, Caribé, Dorival Caymmi, entre outros tantos nomes”.

“Esse grande restaurante se destacava como um espaço de convivência e de sociabilidade na cidade do Salvador. E o fato de ter um grande painel assinado por Genaro de Carvalho deixava o local ainda mais charmoso. Então ali onde inicialmente surge o restaurante, também foi boate durante os anos 50 e 60, e depois continuou sendo o principal espaço de reunião da sociedade baiana. E eu espero que continue sendo esse ícone aqui na cidade do Salvador”, torce Rafael, que hoje é o historiador e responsável pela curadoria das obras de arte do Wish Hotel da Bahia.

Evento comemorativo

A Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) completou, este ano, 20 anos de atuação, e celebrou a data com um almoço em Salvador que reuniu membros da iniciativa privada e agentes políticos da Bahia e do Brasil, além de autoridades do setor florestal. O evento aconteceu nesta sexta-feira (12), no Restaurante Amado, com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP). “É muito importante que a iniciativa privada e o poder público estejam sempre de mãos dadas em prol de um mundo melhor para essa e para as próximas gerações” destacou a líder global de Relações Corporativas da Suzano S.A, Mariana Lisbôa, que preside a ABAF.

Renata Correia Crédito: Elias Dantas / Alô Alô Bahia
Arthur Lira Crédito: Elias Dantas / Alô Alô Bahia
Mariana Lisbôa Crédito: Elias Dantas / Alô Alô Bahia
ACM Neto Crédito: Elias Dantas / Alô Alô Bahia

*Quem passou por lá? Confira na galeria do aloalobahia.com.