WORKSHOP

Salvador recebe workshop sobre como evitar lideranças tóxicas

Serão três dias de imersão, de 31 de maio a 2 de junho

Publicado em 10 de maio de 2024 às 10:24

Luiz França, psicólogo, escritor, consultor de desenvolvimento humano e especialista em cultura organizacional
Luiz França, psicólogo, escritor, consultor de desenvolvimento humano e especialista em cultura organizacional Crédito: Divulgação

O que é essencial para uma boa liderança? Como tornar o clima organizacional positivo? Muitos empresários acreditam que o sucesso de uma organização é medido, exclusivamente, pelo seu desempenho financeiro, pela satisfação do cliente e pela sua participação de mercado. No entanto, a qualidade do clima e do desempenho de uma organização está diretamente relacionada à qualidade das pessoas que trabalham nela. Segundo uma pesquisa da Harvard Business Review, colaboradores satisfeitos são 31% mais produtivos, 85% mais eficientes e 300% mais inovadores.

“Altos níveis de inteligência espiritual, emocional, intelectual e social entre os funcionários podem levar a um melhor desempenho da empresa, enquanto uma liderança eficaz é fundamental na promoção de um clima organizacional positivo. À medida que as organizações buscam melhorar seu desempenho e sustentar o sucesso a longo prazo, é necessário priorizar o desenvolvimento da inteligência humana e o estágio de evolução de sua liderança”, destaca o psicólogo, escritor, consultor de desenvolvimento humano e especialista em cultura organizacional, Luiz França.

Segundo Luiz, o nível de toxicidade da liderança traz reflexos negativos para as empresas que, assim como as pessoas, podem adoecer. “É uma condição resultante, muitas vezes, de lideranças egoístas, caracterizada por um foco em benefícios pessoais e poder, causando um impacto negativo no clima organizacional e no engajamento dos colaboradores e criando um ambiente profissional tóxico”, conta. Defensor da liderança humanizada, França acredita que líderes que cultivam respeito e empatia criam equipes mais engajadas e felizes e ajuda a capacitar líderes a transformarem suas organizações por meio de uma liderança integrativa.

Para ele, um dos principais dilemas dos líderes hoje é sair do ponto de ‘saber’ para a arte de ‘ser e executar a essência da liderança’, explica o consultor. “Para isso, é necessário autoconhecimento, chegar na consciência de quem você é, assim como reconhecer e adaptar os estilos de liderança de acordo com as necessidades dos membros da equipe. Os líderes são pessoas que podem impactar a vida de outras pessoas, sua atuação passa pelo papel de transformação social, então quando são capazes de levar outros níveis de filosofia para dentro das empresas, o resultado vem na forma de um ambiente organizacional seguro, de comunicação aberta e respeito mútuo”.

Workshop Liderança Integrativa

Com o objetivo de promover autoconhecimento e fornecer ferramentas práticas para construir hábitos saudáveis de liderança, Luiz França virá exclusivamente da Califórnia, nos Estados Unidos, para Salvador para ministrar o Workshop Liderança Integrativa. Durante três dias de imersão, de 31 de maio a 2 de junho, o psicólogo e consultor irá mergulhar nos principais dilemas da liderança, ajudando a identificar e curar traços tóxicos de pessoas que ocupam cargos estratégicos em empresas, a partir de material teórico e vivências. Voltado para a alta liderança (C-Level e líderes de R.H.), o programa vai acontecer no Hotel Villa da Praia, em Itapuã, das 8h30 às 18h, nos três dias. Mais informações: https://liderancaintegrativa.com/