O dia que Marrom encontrou Daniel passeando em New York

Encontro com o sertanejo foi antes do Brazilian Day 2014, ano em que Daniel foi uma das atrações

  • Foto do(a) author(a) Osmar Marrom Martins
  • Osmar Marrom Martins

Publicado em 26 de agosto de 2023 às 08:33

Daniel e Marrom em NY
Daniel e Marrom em NY Crédito: Acervo Pessoal

Ao sair do show Tô Voltando, que Simone fez na Concha Acústica do TCA no dia 4 de agosto, notei uma placa ao lado do TCA anunciando o show comemorativo aos 40 anos de carreira do cantor sertanejo Daniel, que acontece dia 31 de agosto a partir das 19h na própria Concha. Imediatamente, me veio à lembrança o encontro que tive com o artista nas ruas de New York.

O ano era 2014 e Daniel foi um dos convidados para a comemoração dos 30 anos do Brazilian Day em New York no dia 31 de agosto. Nesse mesmo dia também subiram ao palco Ivete Sangalo, com participação de Saulo Fernandes e Thiago Abravanel, e Carlinhos Brown, que cantou junto com o sertanejo. A apresentação foi do ator Cauã Reymond.

Considerada a maior festa brasileira no exterior com apoio da Globo Internacional, o Brazilian Day ou BR Day, reuniu mais de um milhão de pessoas na Sexta Avenida. Apenas a cidade de Nova York recebeu o BR Day este ano. Foi uma festa muito bonita, com uma grande recepção por parte dos brasileiros que moram nos EUA e dos americanos curiosos em participar dessa celebração pintada de verde e amarelo.

Um dia antes, aconteceu a tradicional Lavagem de New York, organizada pela baiana Silvana Magda, que teve como atrações a antiga Alavontê (atual Mudei de Nome) e o forrozeiro Del Feliz e seus convidados, a exemplo da cantora Lucy Alves, que logo em seguida ia estourar em todo Brasil também como atriz, além dos forrozeiros Franca e Chambinho do Acordeon, que também ficou conhecido pelo filme sobre Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Mantendo a tradição, foi uma festa animada com direito a baiana desfilando pelas ruas de Nova York saindo da Times Square.

Como eu cheguei dois dias antes dos eventos, resolvi dar um passeio (mais uma vez) pelas ruas de Nova York. A gente sempre descobre coisas novas. E foi aí que, de repente, quem eu encontro: Daniel. Tranquilo, sozinho, ele também estava fazendo sua “tour” pela cidade que nunca dorme. Quando eu o avistei me aproximei e o cumprimentei: ‘Oi Daniel, tudo bem?’. Imediatamente, ele se lembrou do nosso primeiro encontro, quando eu fazia o programa Fuzuê na Bahia FM ao lado de Mauricio Habib.

Aí, continuamos andando e falando um pouco de como foi sua participação (ele sempre simpático e educado) até que os brasileiros também o reconheceram. E, como um gentleman que é, Daniel atendeu a todos e prosseguimos caminhando até que ele voltou para o hotel e eu continuei minha caminhada indo ao escritório de Silvana Magda. O próximo encontro com ele já foi no Brazilian Day, onde ele fez uma bela apresentação. Mais uma vez, poderei me encontrar com artista, agora em Salvador.

Ele vai se apresentar na próxima quinta-feira (31) pela primeira vez na Concha Acústica do TCA com o show de lançamento do DVD Daniel 40 Anos Celebra João Paulo & Daniel. É uma celebração ao amigo João Paulo, morto em um acidente de carro em 1997, com quem Daniel formou uma das duplas mais queridas do universo sertanejo. A realização local é da Iris Produções, da querida Irá Carvalho.

Um ano antes, em 1996, quando estourou ao lado de João Paulo, com a canção Estou Apaixonado, Daniel não poderia imaginar que seguiria sozinho, conquistando o seu lugar no cenário musical brasileiro. Atualmente, ele é considerado uma das grandes vozes da música romântica sertaneja.

Segundo Daniel, esse é um projeto de sua vida. “Se não fosse tudo o que vivemos juntos, hoje eu não estaria diante do público. Momentos incríveis que vivi e que só a música tem o poder de deixar registrado. Tudo se deve a essa parceria, ao meu saudoso irmão e parceiro que nos deixou há 25 anos”, comentou.