Horóscopo de domingo (24/3); veja previsões para seu signo

Data estelar: Lua Vazia das 12h48 até 17h38

  • Foto do(a) author(a) Oscar Quiroga
  • Oscar Quiroga

Publicado em 23 de março de 2024 às 05:00

Sofrer não é uma virtude, a dor não merece vergonha, mas tampouco ser exposta como um prêmio, algo do que se gabar, e se te par

a retirar esse pensamento antes que tenhas de reconhecer que, mesmo inconscientemente, tu também tratas teu sofrimento como um troféu, porque essa é a moeda corrente dos relacionamentos humanos, sofrer e fazer sofrer. Sofrer não é uma virtude, se por essas coisas inevitáveis tu experimentas sofrimento, faz como os lobos, te isola temporariamente até curares as feridas as lambendo na escuridão, e quando tenhas algo melhor a oferecer ao teu grupo, retorna com a cabeça coroada. Se precisas de ajuda para teu sofrimento, estende a mão e a pede, evita te convencer que as pessoas devam adivinhar teu sofrimento.

ÁRIES: As pessoas se aproveitam das fragilidades alheias para exercer domínio e opressão, mas esse é um exercício que, apesar de comum e ordinário, há de ser evitado a todo custo. Evite expor suas fragilidades. Isso não.

TOURO: A pressão é grande, porque as perspectivas são enormes, e a única maneira de que não passem em brancas nuvens é as pessoas se entenderem, mesmo que o clima reinante não seja esse. Transformar discórdias em concórdias.

GÊMEOS: Melhor não perder tempo com perguntas sobre perguntas, porque os raciocínios são infinitos, mas o tempo que você tem disponível para realizar suas pretensões é bastante limitado. Deixar de pensar e começar a agir.

CÂNCER: Elevar a voz é cair na tentação de se envolver em discussões áridas e estéreis. Cuide para que isso não aconteça a você, porque ainda que você tenha de discutir com pessoas resistentes, elevar a voz não vai ajudar.

LEÃO: A paciência está no limite, mas não seria sábio de sua parte a perder num rompante, que aconteceria em nome de alívio, mas que na prática não aliviaria nada e, ainda por cima, agregaria problemas novos ao cenário.

VIRGEM: Se conversando as pessoas se entendem, agora é o momento certo para você armar as situações em que os assuntos mais delicados e importantes sejam postos sobre a mesa, para haver entendimento e concórdia.

LIBRA: Os ingredientes do destino estão todos aí, disponíveis, e você terá de fazer a receita com esses, porque nada acontecerá por si só, como por artes mágicas, as quais, inclusive, não são desprovidas do devido esforço.

ESCORPIÃO: Agora é um momento delicado, porque você tem a chance de forçar um pouco as coisas, de modo a conduzir tudo do seu jeito, mas ao mesmo tempo essa forçada é perigosa, porque pode evocar reações muito contrariadas.

SAGITÁRIO: Pacificar os relacionamentos é uma pretensão nobre, mas não depende apenas de sua intenção, porque as pessoas envolvidas precisam também se movimentar nesse sentido, e não há como garantir que isso seja assim.

CAPRICÓRNIO: O momento encerra suas riquezas, apesar das farpas que eventualmente tenham sido trocadas, porque através das discussões acaloradas você pode conhecer melhor as pessoas, e elas também conhecem você.

AQUÁRIO: Os investimentos precisam ser feitos com sabedoria, porque não se trata apenas de desembolsar dinheiro e assim, magicamente, tudo avançar no sentido pretendido. O investimento há de ser calculado com sabedoria.

PEIXES: Não é fácil nem difícil, apenas é o que é, um longo caminho de incertezas e de apostas, no qual sua alma precisa administrar o medo e a confiança que convivem o tempo inteiro e sopram sugestões ao seu ouvido.