Levantadora Fernanda Venturini volta às quadras pelo Rio de Janeiro

Atleta está inscrita para participar da Superliga 2008/09 pelo clube carioca

Publicado em 13 de janeiro de 2009 às 02:24

- Atualizado há 9 meses

A levantadora Fernanda Venturini foi inscrita para disputar a Superliga 2008/09, depois de ter anunciado no último ano sua aposentadoria definitiva do vôlei. Ela irá jogar pelo time do Rio de Janeiro, comandado por Bernardinho, seu marido.

Mesmo não tendo jogado por nenhum clube na última temporada, a volta da levantadora de 38 anos não encontrou opositores em uma reunião entre os representantes dos times da Superliga feminina, na manhã desta segunda-feira (12).

Segundo a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), mesmo tendo ficado parada na temporada 2007/2008, Venturini não deixou de fazer parte do ranking de atletas para a Superliga 2008/09, condição necessária para que qualquer jogadora seja inscrita.

Só em casos de necessidade

O Rio de Janeiro informou que Venturini só entrará em quadra em caso de necessidade. A inscrição da levantadora foi uma precaução de Bernardinho, que queria uma garantia para o caso da titular Dani Lins sofrer uma lesão. Para evitar que a novata Betina, reserva de Dani, ficasse com toda a responsabilidade e pressão, o treinador sugeriu a contratação da esposa. Venturini só treinará se a titular não puder entrar em quadra.

Não é a primeira vez que a atleta retorna às quadras. Venturini, considerada uma das melhores levantadoras do mundo, anunciou sua aposentadoria pela primeira vez em 2001, quando teve sua filha com Bernardinho, Júlia. No entanto, ela decidiu voltar em 2003, jogando pelo Osasco.

Após se transferir para o Rio de Janeiro na temporada 2004/05, a jogadora anunciou que pretendia disputar a Superliga pela última vez, mas desistiu após o vice-campeonato da equipe, derrotada pelo Osasco. Na edição seguinte, comandou o título da equipe carioca, com um triunfo sobre o time paulista na decisão.

Uma proposta milionária do Murcia, da Espanha, tirou Fernanda da aposentadoria mais uma vez em 2007. Campeã da Copa da Rainha e da Superliga Espanhola, deu a carreira novamente por encerrada até março de 2008, quando pediu uma nova chance na seleção brasileira.

(Com informações do Globo Esporte)