Pedindo paz, Kannário arrasta multidão em trio pipoca no Campo Grande

"Faz um coração para o Kannário", pediu ao entrar na avenida; cantor comandou ontem show em Periperi

Publicado em 8 de fevereiro de 2016 às 17:42

- Atualizado há 10 meses

Arrastando uma multidão, o cantor Igor Kannário mandou logo o recado aos foliões que lhe seguiam: "Quem brigar, eu vou entregar à polícia. Não sou cagoete, mas ninguém vai estragar o Carnaval", disse o artista, que desfilou sem cordas no circuito Osmar. O cantor também pediu paz e que os foliões respeitassem a polícia. O trio saiu por volta das 16h40.

Preocupado com a segurança dos fãs, o pagodeiro interrompeu logo no início a apresentação para pedir que os foliões descessem das árvores e curtissem a folia do chão. Ele alertou sobre o perigo de quedas ou choques elétricos, pois a fiação de energia estava perto dos foliões. "Só vou continuar quando vocês descerem", disse. 

"Faz um coração para o Kannário", pediu ao entrar na avenida. O cantor ainda puxou os versos "A favela tá de boa, a favela tá em paz", que foi cantado em coro pelos foliões.

[[galeria]] 

VEJA TUDO O QUE ESTÁ ROLANDO NO CARNAVAL 

Kannário disse ainda que até o final do percurso o clima vai ser de diversão e paz. "A favela se respeita", chegou a comentar antes de cantar a música Depois de Noiz é Noiz De Novo". Kannário também defendeu sua música de trabalho como a música do Carnaval. "Se já tocou por aqui uma música mais forte que esta, eu paro meu arrastão e vou pra casa. A música tem que ser eleita pelo povo e não por jabá", disse. 

Ao passar na passarela onde ficam as TVs, logo cumprimentou o prefeito ACM Neto. "Vou chamar de meu prefeito mesmo, porque é meu e f....". Kannário mandou recado para o prefeito de Salvador ACM Neto. "Vou chamar de meu prefeito mesmo..."(Foto: Valter Pontes/AGECOM) BAIXE O FAROL: O APLICATIVO QUE VAI TE GUIAR NO CARNAVAL

Na noite de ontem, o cantor comandou a festa no bairro de Periperi, dentro da programação do Carnaval dos Bairros. O show durou pouco mais de uma hora e, de acordo com a polícia, reuniu 12 mil pessoas.

Também preocupado com a segurança do público mirim que acompanhou o show em Periperi, Kannário pediu para os pais terem cuidado com as crianças, que por conta da proximidade com as estruturas do palco poderiam se machucar nos fios ou cair das caixas de som. Antes de as crianças serem retiradas do local, o cantor chegou a entregar um lencinho para uma delas.

Confira vídeo da pipoca de Kannário: