Bahia encara o Athletico-PR fora de casa em confronto direto na parte de cima da tabela

Esquadrão entra em campo nesta quarta-feira (10), na Ligga Arena

  • Foto do(a) author(a) Gabriel Rodrigues
  • Gabriel Rodrigues

Publicado em 10 de julho de 2024 às 05:00

Everaldo é o maior goleador do Bahia no Brasileirão, com três gols marcados
Everaldo é uma das armas do Bahia para vencer o Athletico-PR Crédito: Tiago Caldas/EC Bahia

O Bahia tem pela frente um novo duelo direto na parte de cima do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (10), o tricolor encara o Athletico-PR, às 19h, no estádio Ligga Arena, em Curitiba, pela 16ª rodada da competição. Diante do rubro-negro, o Esquadrão tenta pontuar fora de casa para não ser ultrapassado na tabela.

Os dois times estão coladinhos na Série A. Enquanto o tricolor é 5º colocado, com 27 pontos, o adversário paranaense ocupa o 6º lugar, com 25. Por isso, um tropeço na Ligga Arena faria a equipe baiana ser ultrapassada na classificação.

Além de evitar a perda de posições, o duelo contra o Athletico-PR coloca à prova a campanha do Bahia fora de casa. O Esquadrão vive um contraste no Brasileirão e, ao mesmo tempo em que ocupa o posto de melhor mandante, venceu apenas um dos oito jogos que fez longe dos seus domínios. O aproveitamento como visitante é de apenas 25%.

O próprio Rogério Ceni reconheceu que o time azul, vermelho e branco precisa pontuar fora da Fonte Nova se quiser sustentar a boa campanha que faz na Série A. O coro foi engrossado pelo zagueiro Gabriel Xavier.

“Estamos performando bem a nível de jogo, mas não estamos conseguindo os resultados positivos. Sabemos que precisamos melhorar a nossa defesa, consolidar mais para não sofrer tantos gols fora de casa, e conseguir ser efetivos. Estamos criando boas chances, mas não estamos concluindo bem. O mental precisa continuar equilibrado, não é achar culpados, mas manter a concentração e o foco em não tomar gols. São pontos importantes”, disse o defensor.

Em busca do resultado positivo, o técnico Rogério Ceni conta com praticamente todo elenco à disposição. Os únicos desfalques são o volante Acevedo, que se recupera de cirurgia no joelho, e o lateral direito Arias, que está com a seleção colombiana nos Estados Unidos.

Reforço para a sequência do Brasileirão, o lateral esquerdo Iago Borduchi poderá ser inscrito a partir de hoje, dia da abertura da janela de transferências, mas só ficará disponível para entrar em campo na próxima rodada, contra o Cuiabá, na Fonte Nova.

A tendência é a de que Ceni mantenha a equipe titular, com o meio-campo formado por Caio Alexandre, Jean Lucas, Everton Ribeiro e Cauly.

“Estamos tomando gols bestas, com falhas individuais, e isso frustra a gente porque o mais difícil, que é construir, estamos conseguindo fazer fora de casa. É alinhar a concentração, o mental, para aumentar essa porcentagem de triunfos fora”, completou Gabriel.

Athletico-PR

Pelo lado do Athletico-PR, a novidade ainda não estará na beira do campo. O Furacão contratou o uruguaio Martín Varini, de 32 anos, para substituir Cuca, demitido no mês passado. Apresentado ontem, Varini deve estrear na próxima rodada. Contra o Bahia, o auxiliar Juca Antonello seguirá dirigindo o time.

O Athletico-PR tem pelo menos três desfalques. O lateral esquerdo Esquível recebeu o terceiro amarelo e está fora da partida, enquanto Nikão e Mastriani estão machucados. O goleiro Bento, que estava disputando a Copa América com a Seleção Brasileira, não treinou com o elenco nos últimos dias e também será ausência.