PARIS-2024

Em clima de festa, tocha olímpica chega a Marselha no navio Belem

Cerca de 50 mil pessoas estiveram presentes para prestigiar o evento

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 8 de maio de 2024 às 16:27

Tocha olímpica chegou em Marselha no veleiro Belem
Tocha olímpica chegou em Marselha no veleiro Belem Crédito: Fanny Magot/Paris 2024

A tocha olímpica, um dos principais símbolos da Olimpíada, chegou de veleiro a Marselha nesta quarta-feira (8), e foi recebida por milhares de pessoas que se reuniram na cidade francesa para prestigiar o evento. A peça foi transportada em um majestoso navio de três mastros que veio da Grécia para a cerimônia localizada no antigo porto da cidade.

Um forte esquema de segurança foi preparado e oito mil policiais participaram da operação. De acordo com as autoridades locais, cerca de 50 mil pessoas estiveram presentes para recepcionar a tocha.

Milhares de bombeiros e esquadrão antibombas foram posicionados ao redor da cidade, juntamente com a polícia marítima e equipes antidrones, que patrulharam as águas do município e também o espaço aéreo.

"É um dia monumental e temos trabalhado arduamente para que os visitantes e residentes de Marselha possam desfrutar deste momento histórico", disse Yannick Ohanessian, vice-prefeito da cidade.

O presidente Emmanuel Macron reuniu-se com os atletas olímpicos franceses que navegaram no navio chamado Belém. "Com a chegada da chama, o país entra nos Jogos", disse Macron na Marina Olímpica da cidade.

Tony Estanguet, que preside o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Paris-2024, disse que o retorno da competição à França foi motivo para uma "celebração fantástica".

"Como ex-atleta, sei o quanto é importante o início de um evento Por isso escolhemos Marselha, porque é definitivamente uma das cidades mais apaixonadas pelo esporte", afirmou Estanguet, ex-atleta da canoagem olímpica com medalhas de ouro nos Jogos de 2000, 2004 e 2012.

A tocha foi acesa na Grécia no mês passado, antes de ser oficialmente entregue à França. Ela saiu de Atenas a bordo de um navio chamado Belem, utilizado pela primeira vez em 1896, e passou doze dias no mar. Em sua viagem inaugural, a embarcação teve como destino um entreposto comercial localizado na cidade brasileira de Belém, que deu origem ao nome do veleiro.

O revezamento da tocha começará nesta quinta-feira ´(9) em Marselha, antes de seguir para Paris passando por lugares icônicos de todo o país, desde o mundialmente famoso Mont Saint-Michel até as praias do desembarque do Dia D, na Normandia, e ainda o Palácio de Versalhes.