COM EMOÇÃO

PSG vence Barcelona de virada e vai à semifinal da Liga dos Campeões

Time francês pegará o Borussia Dortmund, que eliminou o Atlético de Madri

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 16 de abril de 2024 às 18:42

psg
Mbappé comemora um dos gols em vitória do PSG sobre o Barcelona Crédito: Divulgação/PSG

O Paris Saint-Germain conseguiu virar o jogo e o confronto contra o Barcelona nesta terça-feira na Espanha e se classificou para a semifinal da Liga dos Campeões e vai enfrentar o Borussia Dortmund. Após perder o jogo de ida por 3 a 2 em Paris, o time francês viu o Barcelona fazer 1 a 0, mas reagiu, goleou o rival espanhol por 4 a 1, e continua em busca de seu primeiro título da competição.

Em casa e com a vantagem pela vitória no jogo de ida, o Barcelona iniciou o jogo com uma postura mais cautelosa. O PSG tinha mais a bola e pressionava os donos da casa. Após fazer seus dois primeiros gols na Liga dos Campeões no jogo de ida, quando o Barcelona venceu por 3 a 2, o atacante brasileiro Raphinha voltou a marcar e abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo. O brasileiro concluiu a boa jogada iniciada por Lamine Yamal. Pela direita, o atacante de 16 anos avançou à linha de fundo passando com facilidade por Nuno Mendes e tocou para Raphinha, na pequena área, marcar na primeira finalização do Barcelona.

Após o gol, o Barcelona parecia tomar conta da partida, mas aos 29 minutos, o atacante Barcola, do PSG, surgiu livre, em velocidade, pela esquerda. Próximo à área, o zagueiro Ronald Araujo se chocou com o atacante francês, que caiu dentro da área

Araujo mostrou o ombro ao árbitro querendo mostrar uma jogada normal, mas a falta foi marcada e o zagueiro uruguaio, expulso. Na cobrança, Dembelé chutou de perna direita, com perigo. Com um jogador a menos, o técnico Xavi, do Barcelona, precisou recompor seu sistema defensivo e sacrificou Yamal para a entrada do zagueiro Inigo Martinez.

O gol de empate do PSG aconteceu após jogada pela esquerda com Barcola. Ele invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou por Mbappé no centro da pequena área, e Dembelé, pressionado pelo lateral Cancelo, chutou forte. O ex-jogador do Barcelona, que era muito vaiado pela torcida, marcou.

Na etapa final, o PSG conseguiu a virada em pouco tempo. Aos 9 minutos, após cobrança de escanteio, o time francês trocou passes até Vitinha. Com muito espaço, fora da área, ele teve tempo de ajeitar a bola e bater forte, cruzado, no canto direito do goleiro Ter Stegen.

Aos 15 minutos, Dembelé recebeu passe dentro da área pelo lado direito. A bola escapou um pouco do domínio do francês, que recebeu o toque do lateral Cancelo na sequência. Na cobrança do pênalti, Mbappé, que pouco havia aparecido na partida, cobrou alto, forte, no ângulo direito de Ter Stegen, que não teve chance.

O quarto gol saiu no final do jogo em um contra-ataque. Mbappé tentou a primeira vez, Ter Stegen defendeu e após bate rebate na área o francês chutou novamente e marcou seu oitavo gol na Liga dos Campeões. Ele é o artilheiro da atual edição.

BORUSSIA DORTMUND GARANTE VAGA EM JOGO EMOCIONANTE

Na Alemanha, o Borussia Dortmund também precisou virar a desvantagem contra o Atlético de Madrid, que venceu o primeiro jogo na Espanha por 2 a 1. Em casa, o time alemão venceu por 4 a 2.

O Dortmun virou o primeiro tempo classificado para a semifinal, mas permitiu a reação do Atlético de Madrid. Os gols do time alemão na primeira etapa aconteceram após jogadas pelo lado esquerdo do ataque. Aos 34 minutos, após um belo passe de Hummels, Brandt domina, passa pela marcação e chuta de esquerda. O goleiro Oblak chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o gol. Depois de marcar, Brandt conseguiu um bom passe para Maatsen fazer o segundo gol do Dortmund. O lateral finalizou de pé esquerdo, rasteiro, e a bola entrou no canto de Oblak.

No segundo tempo, o Atlético de Madrid diminuiu com um gol contra de Hummels, aos 4 minutos, e chegou ao empate com Correa, que entrou no intervalo no lugar de Morata. Ele chutou forte no alto, aos 19 minutos. O empate dava a vaga para o time espanhol, mas o Dortmund buscou a vitória e a classificação.

Aos 26 minutos, Sabitzer cruzou alto da esquerda. O atacante Fullkrug, de 1,89 m, subiu sozinho e cabeceou para o gol. A bola bateu na trave antes de entrar. A vitória do time alemão por 3 a 2 levava o jogo para a prorrogação, mas três minutos depois Sabitzer fez o gol que garantiu a vaga do Borussia Dortmund. Após passe de Brandt, ele finalizou de perna esquerda. O goleiro Oblak chegou a tocar na bola, mas não conseguiu impedir o gol.