4 dicas para curtir as férias em Jericoacoara

Cenário deslumbrante de dunas douradas e praias de águas cristalinas, Jeri é o destino ideal para relaxar e curtir

  • Foto do(a) author(a) Portal Edicase
  • Portal Edicase

Publicado em 6 de março de 2024 às 11:25

Imagem Edicase Brasil
Jericoacoara é o destino ideal para aproveitar a natureza com família e amigos (Imagem: Luis War | Shutterstock) Crédito:

Bem-vindo ao paraíso! Jericoacoara, carinhosamente conhecida como Jeri, é um refúgio encantador que promete tornar suas férias verdadeiramente memoráveis. Você encontrará um cenário deslumbrante de dunas douradas, praias de águas cristalinas e um pôr do sol de tirar o fôlego. Além de sua beleza natural, Jeri oferece uma atmosfera relaxante e acolhedora, perfeita para quem busca escapar da rotina e se conectar com a natureza.

Monique Miranda indica 4 opções imperdíveis para você explorar e se apaixonar por cada canto deste destino incrível. Aproveite!

Hotel La Villa

De frente às dunas, a poucos metros da praia e a uma curta caminhada do animado centro, está o elegante Hotel La Villa Jeri. O quarto surpreende pela decoração entre o rústico e o moderno, uma perfeita combinação entre o luxo e simplicidade.

Happy hour no pôr do sol

O pôr do sol é uma das mais lindas atrações do destino que reúne, no alto das dunas, os visitantes da vila para um happy hour regado por variados coquetéis em um clima de romantismo e alegria.

Imagem Edicase Brasil
É possível passear pelas atrações dos litorais de quadriciclo e Crédito:

Passeios de quadriciclo ou buggy

Para conhecer as belezas e atrações dos litorais Leste (Pedra Furada, Árvore da Preguiça, Lagoa Azul e do Paraíso) e Oeste ( mangues , dunas, esquibunda e Lagoas de Tatajuba) a Lulu Passeios disponibiliza quadriciclos e buggys com conforto e segurança.

Lagoa Azul: um cartão postal

As águas cristalinas da Lagoa Azul destacam-se em Jericoacoara, antiga vila de pescadores a apenas 300 km de Fortaleza. O acesso hoje é por meio de transfer com veículos com tração 4×4 do aeroporto até o centro da vila, charmosa pelas suas ruas cobertas de areia, dunas e exuberantes lagoas.

Por Monique Miranda – revista Qual Viagem

Desde cedo, viajou muito com a família devido à profissão do pai, que é engenheiro. Foi criada na região amazônica próxima aos indígenas waimiris/atroaris e depois nos países andinos, Bolívia e Peru.