7 benefícios do pistache para a saúde

Veja como essa oleaginosa favorece o organismo e ajuda na prevenção de doenças

  • Foto do(a) author(a) Portal Edicase
  • Portal Edicase

Publicado em 18 de junho de 2024 às 18:28

Imagem Edicase Brasil
O pistache é uma noz saborosa e rica em nutrientes que contribuem para a saúde (Imagem: nelea33 | Shutterstock) Crédito:

O pistache, uma noz pequena e saborosa, é muito mais do que um simples lanche. Originário do Oriente Médio e cultivado em várias partes do mundo, ele é conhecido por seu perfil nutricional impressionante, repleto de proteínas, fibras, vitaminas e minerais essenciais. Assim, além do seu sabor agradável, oferece uma variedade de vantagens à saúde.

Conheça, a seguir, 7 benefícios do pistache para a saúde e saiba como essa pequena noz pode ser uma poderosa aliada no seu dia a dia.

1. Rico em nutrientes essenciais

O pistache é uma excelente fonte de vários nutrientes essenciais. Em apenas uma porção de 28 gramas, ele fornece proteínas, fibras, vitaminas (como B6 e E) e minerais (como potássio, magnésio e fósforo). Essas vitaminas e minerais desempenham papéis cruciais em diversas funções corporais, desde a produção de energia até a manutenção da saúde óssea.

2. Promove a saúde do coração

O consumo regular de pistache está associado à melhoria da saúde cardiovascular. De acordo com a nutricionista Natália Colombo, as oleaginosas, grupo do qual o pistache faz parte, devem fazer parte de uma alimentação saudável porque são compostas por gorduras boas. “Elas regulam os níveis de colesterol, reduzindo o LDL (colesterol ruim) e aumentando o HDL (colesterol bom), prevenindo arteriosclerose e hipertensão, contribuindo para um coração e um cérebro mais saudável”, explica.

3. Ajuda a controlar o peso

Embora seja rico em calorias, o pistache pode ser benéfico para o controle de peso. Isso porque a alta quantidade de proteínas e fibras pode aumentar a sensação de saciedade, reduzindo a ingestão geral de calorias.

“As fibras proporcionam maior saciedade e fazem com que o esvaziamento gástrico seja feito em um maior tempo. Assim, a sensação de fome demora a surgir e, consequentemente, pode levar a uma menor ingestão alimentar”, afirma a nutricionista Roberta Stella. Além disso, a necessidade de descascar os pistaches antes de comê-los pode ajudar a comer mais devagar e a consumir menos.

Imagem Edicase Brasil
O consumo de pistache pode ajudar a proteger a saúde dos olhos (Imagem: Krakenimages.com | Shutterstock) Crédito:

4. Benefícios para a saúde ocular

O pistache contém altos níveis de antioxidantes como luteína e zeaxantina, fundamentais para a saúde ocular. Esses antioxidantes ajudam a proteger os olhos dos danos causados pela luz azul e reduzem o risco de doenças oculares relacionadas à idade, como degeneração macular e catarata.

5. Melhora a saúde digestiva

A fibra dietética presente no pistache é benéfica para a saúde digestiva. Uma porção de pistache fornece cerca de 3 gramas de fibra, o que pode ajudar a promover a regularidade intestinal, prevenir constipação e melhorar a saúde geral do sistema digestivo. “[As fibras] favorecem o trânsito do intestino, já que eles exercem função importante na formação do bolo fecal e na manutenção da flora intestinal”, acrescenta a nutricionista Ronimara Santos.

6. Auxilia a regular o açúcar no sangue

O pistache pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue, sendo uma ótima opção para pessoas com diabetes ou resistência à insulina. A combinação de fibras, proteínas e gorduras saudáveis ajuda a retardar a absorção de glicose na corrente sanguínea, evitando picos de açúcar.

“A alimentação saudável, com um padrão dietético que privilegie alimentos naturais e variados, é a base para a prevenção e o tratamento da obesidade e do diabetes”, diz a Dra. Deborah Beranger, endocrinologista, com pós-graduação em Endocrinologia e Metabologia pela Santa Casa de Misericórdia do Rio De Janeiro (SCMRJ).

7. Fortalece o sistema imunológico

O pistache é uma boa fonte de vitamina B6, essencial para a função do sistema imunológico . Ela desempenha um papel crucial na produção de glóbulos brancos, células de defesa do corpo. Além disso, os antioxidantes presentes nos pistaches ajudam a combater o estresse oxidativo, fortalecendo ainda mais o sistema imunológico.

“Um organismo com imunidade baixa tem maior suscetibilidade a infecções, dificuldade de recuperação em casos de doenças, aumento do risco de patologias autoimunes, agravamento dedoençascrônicas e diminuição da qualidade de vida”, afirma a Dra. Jackeline Barbosa, vice-presidente da área médico-científica daHerbarium.