7 dicas para idosos desenvolverem uma mente mais positiva

Especialista em comportamento humano explica como isso pode contribuir para qualidade de vida

  • Foto do(a) author(a) Portal Edicase
  • Portal Edicase

Publicado em 1 de março de 2024 às 17:25

Imagem Edicase Brasil
Desenvolver um pensamento positivo aumenta a qualidade de vida dos idosos (Imagem: Olena Yakobchuk | Shutterstock) Crédito:

Você costuma ver a vida como um copo meio cheio ou meio vazio? A maneira como respondemos essa pergunta sobre pensamento positivo diz muito sobre o mindset positivo, isto é, sobre o conjunto de atitudes, crenças e mentalidades que moldam a forma como uma pessoa percebe, aborda e responde a situações.

Não à toa, um estudo recente publicado na revista científica Nature concluiu que idosos que possuem um pensamento positivo são capazes de aumentar sua resiliência e, consequentemente, terem melhor qualidade de vida.

De acordo com Gisele Hedler, especialista em comportamento humano, um mindset positivo promove a resiliência, permitindo que as pessoas superem mais facilmente as adversidades e se recuperem de situações difíceis.

“É sobre encarar os problemas com uma mentalidade construtiva e proativa. Essa abordagem pode transformar a maneira como enfrentamos a vida, promovendo uma jornada mais satisfatória e realizadora”, diz.

A seguir, Gisele Hedler elenca 7 dicas para ajudar os idosos a desenvolverem um mindset positivo. Confira!

1. Desenvolva o autoconhecimento

O primeiro passo para desenvolver um mindset positivo é o autoconhecimento. “Entender seus pontos fortes e fracos, reconhecer seus sucessos e aprendizados e estar ciente se seus valores e objetivos são algumas questões-chave do autoconhecimento”, explica a especialista.

2. Exerça a gratidão e a aceitação

Pratique a gratidão diariamente, focando nas coisas positivas da vida. “Lembre-se que nem tudo está sob seu controle, portanto, não deixe que pequenas coisas te abalem. Manter um diário de gratidão para registrar coisas boas que acontecem é uma boa pedida”, comenta Gisele Hedler.

3. Foque no presente

A especialista orienta evitar preocupações excessivas com o passado ou o futuro , centrando-se apenas no presente. Uma boa maneira de focar no agora, segundo ela, é praticar a atenção plena, conhecida como mindfulness, ou meditação.

4. Utilize afirmações positivas

A especialista em comportamento humano orienta usar afirmações positivas para reforçar pensamentos construtivos. “Substitua autocríticas por mensagens positivas sobre suas habilidades e capacidades. Um bom exemplo é autoafirmar ‘eu tenho uma capacidade extraordinária para lidar com qualquer coisa’”, diz Gisele Hedler.

Imagem Edicase Brasil
Praticar exercícios físicos estimula a saúde mental e mantém o bom-humor (Imagem: Lucigerma | Shutterstock) Crédito:

5. Cuide de si

Cuide da sua saúde física e mental praticando exercícios regularmente, se alimentando de forma saudável e tendo uma rotina de sono equilibrada. Mantenha sempre um bom senso de humor, além de reservar tempo para atividades que te tragam alegria e diversão. Além disso, a profissional orienta se cercar de pessoas que o apoiam e incentivam e evitar relações tóxicas e negativas.

6. Trace metas e objetivos

A parte das metas pode ser uma das mais desafiadoras. Por isso, Gisele Hedler orienta estabelecer objetivos mais realistas e mensuráveis, dividindo as grandes metas em tarefas menores. “Não esqueça de celebrar cada conquista, independentemente do quão pequena seja”.

7. Trabalhe o aprendizado contínuo

Encare os desafios como oportunidades de aprendizado. “É importante desenvolver uma mentalidade de crescimento , acreditando que suas habilidades podem ser aprimoradas com esforço e dedicação”, pontua a especialista. Por fim, Gisele afirma que desenvolver um mindset positivo é um processo contínuo e que praticar essas estratégias regularmente pode ajudar a moldar uma perspectiva mais positiva e resiliente ao longo do tempo.

Por Yasmin Santos