ATROPELAMENTO

Câmeras vão ajudar a esclarecer morte de ciclista na BA-524, diz polícia

Caso aconteceu no último domingo (14), entre Candeias e Camaçari

  • Foto do(a) author(a) Larissa Almeida
  • Larissa Almeida

Publicado em 16 de abril de 2024 às 07:00

Polícia Civil
Polícia Civil Crédito: Divulgação

Imagens de câmeras de segurança na BA-524 vão ajudar a esclarecer a morte Phillipe Appio Chaves Mafra, de 35 anos, morto no último domingo (14)  enquanto realizava um treino.  O atleta foi atropelado por um carro no Km 01 da via, no trecho que liga as cidades de Candeias e Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, a vítima estava em uma bicicleta, em um trecho da BA-524, quando um homem, que dirigia um veículo, atropelou Phillipe e fugiu. "O homem foi socorrido e levado até uma unidade hospitalar, mas não resistiu. As guias periciais e de remoção foram expedidas. Oitivas foram realizadas e imagens de câmera de segurança serão analisadas", disse a pasta em nota.

A Concessionária Bahia Norte, cujos membros socorreram a vítima para o Hospital Geral de Camaçari, foi procurada para informar se havia câmeras de segurança no trecho onde o acidente ocorreu e, caso sim, comunicar se iria disponibilizar as imagens à polícia. No entanto, a empresa não respondeu.

Durante o enterro de Phillipe, ocorrido no fim da tarde desta segunda-feira (15), no Cemitério Jardim da Saudade, circulou a notícia de que o suspeito do crime já foi preso. A informação não foi confirmada pela Polícia Civil, que disse que não há atualizações do caso.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi procurada para informar quantos acidentes e quantas mortes de ciclistas foram contabilizadas nas rodovias baianas neste ano e no ano de 2023. A pasta não respondeu até o fechamento desta matéria.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro