Encontro reúne estudantes para formação de líderes comunitários em Seabra

Participantes farão uma carta de intenções que deve ser encaminhada aos órgãos colegiados para influenciar as políticas públicas educacionais da região

  • D
  • Da Redação

Publicado em 31 de agosto de 2023 às 22:52

null Crédito: Divulgação

O Encontro Territorial para a Juventude, nesta quinta-feira (31), no auditório do Instituto Federal da Bahia (IFBA), em Seabra, discutiu a formação de lideranças juvenis no território de identidade da Chapada Diamantina.

O encontro reuniu líderes de turmas e grêmios estudantis de escolas de diversos municípios do Núcleo Territorial de Educação da Chapada Diamantina (NTE 3) para iniciar a formação do que se espera como linha de sucessão para os líderes comunitários em atuação na região.

A ideia, nesse primeiro encontro, foi provocar os jovens a pensarem o seu papel dentro e fora das escolas públicas, voltando os olhos para as comunidades para se tornarem instrumentos para as transformações positivas das suas realidades.

A proposta foi lançada pelo professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Altino Bomfim. Um diagnóstico da situação das comunidades deverá ser feito pelos estudantes, a partir do que foi discutido no encontro. Posteriormente, voltarão a se reunir com o grupo para apresentar os aspectos observados em seus municípios, bairros e escolas.

O professor Azamor Guedes, do IFBA, também presente ao encontro, afirmou que o trabalho não deve parar por aí: “o papel da juventude é transformar a realidade. Conhecer primeiro, entender as suas necessidades para então se posicionar como instrumento de transformação social, sendo continuadora das lutas das suas comunidades”.

De realização do Colegiado de Desenvolvimento Territorial (CODETER) da Chapada, a programação contou também com a participação da diretora do IFBA Seabra, Suélia Braga, da diretora do NTE 3, Jucelina Guanaes, da coordenadora do Colegiado do Território da Chapada, Geisa Gabriele Silva, além da Coordenadora da Câmara Técnica de Juventude do Território da Chapada Taísa Alves e do membro da Coordenação Estadual dos Territórios de Identidade da Bahia, João Alberto Souza.

De acordo com João, os participantes apresentaram proposições para compor uma carta de intenções que deve ser encaminhada aos órgãos colegiados para influenciar as políticas públicas educacionais da região. Segundo o representante, alguns compromissos foram firmados com as lideranças juvenis, entre eles a realização de encontros municipais e a participação mais efetiva no planejamento das atividades da juventude chapadeira.

A criação de uma rede territorial de comunicação será realizada com a ajuda do Departamento de Formação e Apoio a Órgãos Colegiados da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, na figura do chefe de formação, Marcelo Rocha, que conduziu boa parte das atividades com os jovens durante o encontro desta quinta.