Homem é morto com mais de 50 tiros na cabeça no bairro da Santa Cruz

Vítima foi assassinada por volta das 3h desta segunda-feira (11)

  • Foto do(a) author(a) Wendel de Novais
  • Wendel de Novais

Publicado em 11 de março de 2024 às 09:31

Polícia técnica faz perícia em Santa Cruz
Polícia técnica faz perícia em Santa Cruz Crédito: Arisson Marinho/CORREIO

Um homem identificado como Pedro Lacerda foi morto na madrugada desta segunda-feira (11) na Rua Onze de Novembro, na entrada do bairro da Santa Cruz, em Salvador. A vítima foi executada com mais de 50 tiros na cabeça por volta das 3h, quando unidades policiais foram acionadas. No local, a reportagem acompanhou a coleta das cápsulas munição feita por agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O DPT realizou perícia e removeu o corpo do local às 9h. Antes disso, durante a madrugada, moradores acordaram assustados pela ocorrência. Uma mulher, que prefere não se identificar, descreveu o que ouviu no momento em que Pedro foi executado. "Foi bem aqui perto, mas parecia até uma metralhadora. Deram umas rajadas de tiros. Todo mundo se assustou, mas ficou escondido. Quando deu uns vinte minutos de silêncio, saímos e o homem já estava no chão perto do portão de uma casa", conta ela.

Um outro morador afirma que não conhecia Pedro. "Pode até morar aqui, mas nunca vi. Até porque, quando tem paredão na Ceasa, isso aqui fica cheio de gente que vem para curtir. Perguntei a uns vizinhos e falaram que também não conheciam ele. Na certa, veio para se divertir aí na festa e aconteceu algo", fala o morador, que também não revela o nome.

A Ceasa, citada pela fonte, é uma localidade que fica nas imediações da Santa Cruz. Em contato com outros moradores da Rua Onze de Novembro, a reportagem confirmou que houve festa paredão na madrugada desta segunda-feira no bairro.