ATENDIMENTO FOCADO NO USUÁRIO

Cadeira para obesos, libras e braile: loja da TIM em Salvador reabre com serviços de acessibilidade

Com adaptações em móveis e layout, esta é a terceira loja do Nordeste a ser entregue pela operadora

  • Foto do(a) author(a) Yasmin Oliveira
  • Yasmin Oliveira

Publicado em 16 de maio de 2024 às 06:00

A loja conta com diversos recursos para tornar a experiência do cliente mais acessível
A loja conta com diversos recursos para tornar a experiência do cliente mais acessível Crédito: Ana Lucia Albuquerque/CORREIO

Após reforma de ampliação, a loja da TIM do Salvador Shopping reabre com novo conceito de acessibilidade e inclusão para seus clientes. Desde adaptações no layout e novos móveis, a unidade seguiu o padrão da loja do Shopping Center Lapa, reaberta no ano passado, e é a terceira do Nordeste a ser entregue.

O ambiente é amplamente focado na inclusão com piso tátil, placas de sinalização em braile, atendimento em libras, audiodescrição dos produtos, código de defesa do consumidor em braile e audiodescrição, mesas e cadeiras adaptadas para pessoas com nanismo e obesas, além do mobiliário com altura adequada para cadeirantes.

O caixa tem altura adequada para cadeirantes e código de defesa do consumidor em braille
O caixa tem altura adequada para cadeirantes e código de defesa do consumidor em braile Crédito: Ana Lucia Albuquerque/CORREIO

Para o jovem José Leandro Alves, 14, esta loja é uma forma de dar liberdade e mais independência para as pessoas, como ele, que possuem deficiência visual. Além de facilitar a jornada do cliente na loja por utilizar de QR Codes com audiodescrição ao redor do espaço.

“Eu fiquei feliz em saber quando fui visitar a loja no Center Lapa porque agora a loja da Tim está pronta para atender as pessoas com deficiência visual, e não só elas, mas também outras pessoas com deficiência. Me senti muito acolhido e honrado só de saber que eu estava entrando em uma loja que tinha acessibilidade", expressa Leandro.

Os móveis possuem altura adequada para cadeirantes e cadeiras adaptadas para pessoas com nanismo e obesas
Os móveis possuem altura adequada para cadeirantes e cadeiras adaptadas para pessoas com nanismo e obesas Crédito: Ana Lucia Albuquerque/CORREIO

O objetivo da operadora é tornar este um dos pontos de venda mais acessíveis do Brasil. A unidade busca oferecer um atendimento mais personalizado e focando na experiência do usuário, até o mês de junho será implementada a audiodescrição com uma jornada pela loja, por meio de um aplicativo baixado com a ajuda dos consultores da operadora, que irá guiar o cliente pela loja e auxiliá-lo durante o atendimento.

“A TIM tem como compromisso investir na inclusão de todas as pessoas e entende este processo de modernização das lojas como parte do processo de evolução da sua cultura inclusiva. A reabertura da loja de Salvador faz parte de um amplo projeto que vai ao encontro com este objetivo”, conta o diretor comercial da TIM Nordeste, Bruno Talento.

Mesa de degustação com QR Codes para audiodescrição dos produtos
Mesa de degustação com QR Codes para audiodescrição dos produtos Crédito: Ana Lucia Albuquerque/CORREIO

Além desta unidade, a operadora conta com outras quatro lojas totalmente adaptadas, localizadas em Teresina (PI), Uberlândia (MG), Divinópolis (MG) e Osasco (SP). A expectativa para este ano é reformar 23 lojas com esse olhar voltado para acessibilidade e inclusão. Desse total, cinco já foram entregues, contando com essa unidade do Salvador Shopping.

*Com orientação da subeditora Fernanda Varela