CRIME

Secult-Ba afasta envolvidos em caso de racismo contra produtor cultural

Em nota, a Secult-Ba disse que incentivou a denúncia realizada pela vítima aos órgãos competentes

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 15 de fevereiro de 2024 às 12:24

Produtor cultural  Jonas Bueno Crédito: Arquivo pessoal

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-Ba) afastou os envolvidos no caso de racismo contra o produtor cultural Jonas Bueno. Ele era um dos responsáveis pela festa no Largo Pedro Arcanjo.

De acordo com a Secult-Ba, assim que a pasta tomou conhecimento da denúncia, determinou afastamento imediato das pessoas envolvidas no caso.

Ainda segundo a secretaria, o próprio secretário de Cultura entrou em contato com o produtor para prestar solidariedade e pedir desculpas pelo ocorrido.

Em nota, a Secult-Ba disse que incentivou a denúncia realizada pela vítima aos órgãos competentes, continuará acompanhando o caso de perto e não compactua com qualquer tipo de discriminação.