Ator da saga "Rocky" morre aos 78 anos, na Califórnia

Tony Burton foi um dos poucos atores da série que atuou nos seis primeiros filmes estrelados por Sylvester Stallone

Publicado em 26 de fevereiro de 2016 às 17:22

- Atualizado há 10 meses

O ator Tony Burton, que ficou conhecido pelo papel de Duke nos filmes de "Rocky", morreu na quinta-feira (25) aos 78 anos, na Califórnia, Estados Unidos. A irmã de Tony, Kelly, disse que ele estava doente há mais de um ano, porém, jamais recebeu um diagnóstico oficial.

Tony foi um dos poucos atores de "Rocky" que participou dos seis primeiros filmes da saga. Ele intepretava o treinador de Apollo Creed, grande rival e amigo do protagonista da série. O ator não participou das gravações de "Creed: Nascido Para Lutar" porque já estava muito doente.(Foto: Reprodução)

"Há uma cena no último filme (Creed: Nascido para Lutar) em que a imagem do meu irmão aparece na parede de um restaurante. Infelizmente ele não conseguiu assistir", lamentou Kelly em entrevista ao site MLive.

O ator Carl Weathers, que viveu Apollo Creed, lamentou a morte de Tony. "Sua intensidade e talento ajudaram a tornar os filmes de Rocky um sucesso", escreveu. Tony ainda atuou nos longas "O Iluminado" (1980) e "Loucos De Dar Nó" (1980).(Foto: Reprodução)