5 listas com sites para ganhar dinheiro na internet ou para ajudar pequenas empresas

vanessa brunt
15.04.2020, 16:25:00
Atualizado: 06.07.2020, 00:59:42

5 listas com sites para ganhar dinheiro na internet ou para ajudar pequenas empresas


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em tempos de crise ou em qualquer fase da vida, ganhar um dinheirinho extra pode ajudar a impulsionar os próprios negócios ou, pelo menos, a diminuir alguma dor de cabeça. Pela internet, existem diversos sites confiáveis e com propostas bacanas para quem quer aproveitar algum talento ou tempo livre para lucrar mais. E sem precisar de muita trabalheira.

Esses portais dão suportes diversos para quem quer fazer tudo com rapidez, mas sem perder a qualidade. Confira um compilado com sites para quem quer vender a própria arte, fazer uma renda extra dando indicações (de imóveis, por exemplo), oferecer um trabalho freelancer ou muito mais.

MAS, ANTES: aqui na nossa coluna de todas as quartas-feiras, um dos temas é Produtividade + Empreendedorismo e, além dessas indicações de endereços da web que teremos mais abaixo, não poderia deixar de lembrar que já tivemos aqui listas com variadas pequenas empresas e artistas de Salvador que merecem o seu suporte nessa fase delicada. Se precisar de algum dos serviços que eles oferecem, que tal dar a mão para um pequeno negócio? Confira alguns que já apresentei por aqui:

5 ilustradores baianos para acompanhar pela internet 
5 marcas artesanais e baianas que personalizam tudo para os clientes
5 lojas que criam quadros personalizados em Salvador
5 marcas artesanais com produtos costurados por mulheres baianas
5 grafiteiras que estão movimentando o cenário em Salvador
5 marcas que produzem móveis artesanais em Salvador 
5 fotógrafas de Salvador para fazer seus ensaios ou eventos
5 fotógrafos baianos que mostram a sensibilidade do nu artístico
5 editoras baianas com livros para todos os gostos


• No meu projeto @nao.obvio, temos também listas de lojas baianas com itens pequenos, papelarias, pintores, marcas com bordados, marcas com produtos veganos, docerias virtuais, marcas artesanais, marcas sustentáveis e muito mais: todas baianas. Confira as indicações extras por lá e veja abaixo as formas para lucrar pela internet:

1. Dez sites para ganhar dinheiro com a sua arte

Ilustradores, pintores, designers, escritores, fotógrafos e produtores de diversos conteúdos digitais podem disponibilizar, divulgar e vender as próprias artes através de plataforma que funcionam com diferentes maneiras de comissão. Várias das marcas chegam a fazer a produção de todos os produtos, além de organizarem e concluírem todas as etapas de envios para os consumidores.

Veja sites como o Colab55 e confira as outras opções no conteúdo completo da lista que fiz no @nao.obvio.

➨ Acesse o conteúdo clicando aqui.
➨ Veja o link para acessar a lista completa no final da legenda desta foto.

2. Mais cinco sites para ganhar dinheiro sem sair de casa (com dicas extras para freelancer)

Indicar imóveis (no site Quinto Andar), responder pesquisas (no PiniOn) ou até oferecer o seu trabalho freelancer (no GetNinjas) pela internet podem ser formas de fazer uma renda extra enquanto navega pela web. Confira esses e mais sites confiáveis para lucrar com o seu projeto ou tempo livre sem precisar largar a cama ou o sofá.

Para quem está oferecendo trabalhos como freelancer, inclusive, outras dicas extas são os sites: 99 Freelas, Crowd, Up Work, Freelancer.com, Fiverr e Workana.

➨ Acesse o conteúdo clicando aqui (link para a matéria completa no final da legenda da foto).

3. Cinco plataformas online de financiamento coletivo (para quem precisa daquela forcinha para levar os projetos adiante)

Artistas independentes, empreendedores ou pessoas diversas com boas ideias nas mãos podem ganhar ajuda financeira para impulsionar o próprio negócio através dos sites de financiamento coletivo. Livros, projetos sociais, iniciativas digitais ou movimentos culturais são apenas algumas das categorias possíveis para quem quer ajudar ou precisa ser ajudado através das plataformas. Vários desses sites, inclusive, também funcionam para quem quer fazer vaquinhas online por outros motivos. É o caso, por exemplo, do Kickante.

Veja plataformas como a Benfeitoria e confira as outras opções no conteúdo completo da lista que fiz no @nao.obvio.

➨ Acesse o conteúdo clicando aqui (link para a matéria completa no final da legenda da foto).

4. Cinco sites que ajudam pequenas empresas a venderem mais

4.1. Portais de grandes marcas, como Magazine Luiza e Americanas, passaram a abrir espaços para que pequenos empreendedores possam incluir seus produtos nos sites e aplicativos dessas empresas. A Amazon sempre disponibilizou, por exemplo, espaço para que escritores e editoras incluíssem e-books e diversos livros no catálogo.

4.2. Mas, para quem quer colocar os produtos próprios ou buscar outros meios de ampliar as possibilidades para uma pequena empresa, existem mais caminhos confiáveis e interessantes. O Nexoos é um deles. O site disponibiliza estrutura financeira e site para empresas que não têm acesso a crédito, operação digital e suporte para pagamento on-line. A cobrança é de 15% sobre o que for vendido, caso a operação se concretize.

4.3. Já o portal Salve os Pequenos conecta micro e pequenos empreendedores aos consumidores no intuito de ajudar essas pessoas e empresas em tempos de crise.

4.4. O site Google para PMEs é mais uma opção e foi desenvolvido para ajudar negócios a darem os primeiros passos no universo online. Com diversas formas gratuitas de oferecer ajuda, o portal não dá dinheiro diretamente, mas faz com que sua marca apareça mais na internet e possa alcançar mais público.

4.5. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que é repleto de cursos e e-books gratuitos, também não pode ficar de fora dos lembretes. O portal é repleto de aulas sem custos sobre como vender mais pela internet, além de liberar matérias que tiram dúvidas diversas sobre pequenos negócios em tempos de crise.

4.6. E, para os freelancers de plantão, a dica é voltar nos indicados do número 2 desta lista para conferir sites especiais que podem dar aquele empurrão positivo.

5. Cinco sites fora do comum para escritores divulgarem seus trabalhos

Conseguir o apoio de editoras nem sempre é tarefa fácil. Por motivos assim é que muitos escritores têm optado por imergir inicialmente no mercado por meio das diferentes plataformas que possibilitam facilidades no processo. Wattpad, Kindle e Medium são alguns dos sites mais famosos (leia sobre eles na matéria completa abaixo). Mas, quais são as outras opções? Para os autores, existem outros endereços da web que servem para divulgar textos e liberar vendas de livros sem pagar nada. Para os leitores, esses mesmos sites são a chance de ler novos escritos ou, ao menos, achar obras por preços convidativos.
Veja plataformas como a Livrorama e confira as outras opções no conteúdo completo da lista que fiz no @nao.obvio.

➨ Acesse o conteúdo clicando aqui (link para a matéria completa no final da legenda da foto).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas