50 cidades baianas recebem reforço de R$ 131,8 milhões na saúde

bahia
09.07.2018, 11:04:00
Atualizado: 09.07.2018, 11:55:53
Hospital Municipal de Salvador é um dos beneficiados (Mauro Akin Nassor/CORREIO)

50 cidades baianas recebem reforço de R$ 131,8 milhões na saúde

Serviço de referência em doenças raras da Apae Salvador é um dos beneficiados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um reforço de R$ 131,8 milhões será repassado pela União para ampliar o atendimento da saúde à população de 50 municípios baianos. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, na sexta-feira (6), em Salvador, durante a inauguração do Hospital Couto Maia e visita ao Hospital Municipal de Salvador. Somente para a capital do estado serão R$ 72,7 milhões para o atendimento de média e alta complexidade.

“É um trabalho em benefício dos baianos. São investimentos globais bastante significativos para equipamentos, novas habilitações de serviços e inauguração de estruturas que vão auxiliar no diagnóstico, exames e atendimentos de média e alta complexidade. Quem ganha com isso é o povo e é para isso que temos trabalhado”, destacou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

Para o estado da Bahia, são R$ 27,4 milhões para habilitações e novos recursos. Entre os serviços que serão habilitados estão a nefrologia da Clínica de Hemodiálise Clínica de Irecê, o serviço de referência em doenças raras da Apae Salvador, o Hospital Estadual da Criança como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), além de redefinição de limite financeiro para cirurgia cardiovascular pediátrica e ampliação de leitos de UTI em diversos hospitais.

Também foi assinado um termo de doação de 41 veículos para combate a endemias, no valor de R$ 4,4 milhões, para 40 municípios. Nesta sexta-feira já foram entregues 14 caminhonetes para 13 cidades: Dário Meira, Camacan, Elísio Medrado, Lauro de Freitas, Ibititá, Ipupiara, Cafarnaum, Santanópolis, Jeremoabo, Santa Maria da Vitória, Glória, São Felix do Coribe e Paramirim.

Outros R$ 2,4 milhões serão destinados para habilitações e novos recursos para sete municípios: Canarana, Cruz das Almas, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista. Esses recursos podem ser usados para habilitar CAPS, renovação de UPA, qualificação de SAMU, redefinição de limite para cirurgia cardiovascular pediátrica, entre outros serviços. Também estão previstos R$ 24,8 milhões para autorizações de liberações de novos recursos.

Inauguração do Couto Maia
O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, participou da inauguração, nesta sexta-feira, do Instituto Couto Maia, em Salvador, especializado em doenças infecto contagiosas e que será referência em pesquisa na área. A nova estrutura possui 120 leitos, sendo 20 de UTI. A construção foi feita com recursos de parceria público-privada, no valor de R$ 120 milhões, entre o governo do estado da Bahia e parceiro privado.

A unidade ofertará atendimento de urgência e emergência, ambulatório especializado, além de possuir Centro de Referência para Imunobiológicos, serviço de reabilitação e de logística, serviço de apoio ao diagnóstico, com equipamentos de radiologia, ultrassonografia, entre outros.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas