Abrigo para crianças, denúncias e Wi-Fi: veja serviços para o Carnaval

salvador
21.02.2019, 15:00:00

Abrigo para crianças, denúncias e Wi-Fi: veja serviços para o Carnaval

Tire todas as suas dúvidas antes de encarar a folia

Vai curtir o Carnaval de Salvador e quer saber todas as informações necessárias? Então se ligue nesse guia, que tem dicas importantes para quem vai curtir ou trabalhar. 

Abrigo para filhos dos ambulantes, distribuição de pulseirinhas para as crianças, como fazer denúncias contra racismo, violência contra a mulher e homofobia e muito mais, você confere na lista que o CORREIO separou para você. Veja abaixo:

Ambulantes receberão apoio (Foto: Arquivo CORREIO)

CLIQUE AQUI E VEJA GUIA COMPLETO PARA O CARNAVAL 2019

Ambulantes com filhos
O Carnaval é de festa, mas também é de muito trabalho para os ambulantes. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) disponibilizará espaços de convivência para crianças e adolescentes, filhos de ambulantes e catadores, que trabalham durante a folia.

Durante os sete dias de Carnaval, de 28 de fevereiro a 5 de março, quatro Casas de Acolhimento Provisório ficarão disponíveis para os filhos de amos profissionais cadastrados na Prefeitura. O local acolhe até 100 crianças em cada unidade, por período integral.

Locais das Casas de Acolhimento Provisório: 
1) Escola Municipal Osvaldo Cruz: Endereço: Rua do Meio, 13 - Rio Vermelho (Crianças de 7 a 17 anos)
2) Escola Municipal Casa da Amizade: Endereço: Rua Quintino de Carvalho, 277 - Jardim Apipema (Crianças de 0 a 6 anos)
3) Colégio Estadual Mário Augusto Teixeira de Freitas: Endereço: Rua da Mangueira, 19 - Nazaré (Crianças de 7 a 17 anos)
4) Colégio Estadual Senhor do Bonfim: Endereço: Rua General Labatut, 49 - Barris (Crianças de 0 a 6 anos)

Haverá, ainda, o projeto Observatório da Discriminação Racial, LGBT e Violência Contra a Mulher, que atua durante a folia na observação, registro e/ou encaminhamento de situações de ato racista ou violência contra a mulher e LGBTs. Ao todo, 160 pessoas atuarão em prol da causa, sendo 90 observadores e os demais coordenadores e supervisores.

O Observatório terá seis postos distribuídos na Piedade, Castro Alves, Casa D’Itália, Farol da Barra, antigo Clube Espanhol e Largo do Camarão. A Polícia Civil também vai dispor três delegacias especializadas durante o Carnaval 2019.

Denúncias podem ser feitas através do WhatsApp: (71) 98622-5494 ou no site www.reparacao.salvador.ba.gov.br.

Trabalho infantil e exploração sexual
A folia também terá uma preocupação na fiscalização do trabalho infantil. A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) vai trabalhar com equipes formadas por assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, educadores sociais, conselheiros tutelares, coordenadores, assistentes e pessoal de apoio. 

Trabalho infantil será alvo de fiscalização e repressão (Foto: Arquivo CORREIO)

Qualquer caso identificado como situação de vulnerabilidade e risco social como o trabalho infantil, exploração sexual infanto-juvenil e população em situação de rua, será notificado. As vítimas serão acolhidas em locais seguros. Idosos com deficiência também serão contemplados.

Serão feitas as seguintes ações: abordagem e cadastramento das crianças, adolescentes e familiares nos circuitos do Carnaval identificadas em situação de trabalho infantil; encaminhamento das famílias para inclusão em serviços, programas e benefícios socioassistenciais; campanha de sensibilização da sociedade sobre as consequências do trabalho infantil e da violência sexual de crianças e adolescentes, intitulada “Criança não é mão de obra”, com distribuição de material informativo; monitoramento dos espaços de comercialização e concentração de ambulantes; encaminhamento de crianças e/ou adolescentes aos Centros de Convivência Temporários instalados nos circuitos da folia momesca.

Durante a folia, crianças receberão pulseirinhas de identificação. Denúncias podem ser feitas através do Disque 100.

Comércio informal
A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) contará com 960 profissionais no ordenamento, combate à poluição sonora, Salvamar, iluminação e defesa do consumidor (Codecon) durante a festa de Momo, em 18 postos.

Os agentes vão fiscalizar o comércio informal, que veta atuação de pessoas não-licenciadas e de materiais proibidos (produtos acondicionados em vidro ou servidos em espetos). O circuito terá videomonitoramento, além de 50 veículos fazendo rondas. 

Salvamar
Para proteger baianos e turistas, a Coordenação de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) montará 40 postos fixos entre o Jardim de Alah e Ipitanga, incluindo as ilhas de Maré e dos Frades (Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe), das 8h às 18h, em todos os dias de Carnaval. Além disso, seis postos móveis e dois avançados funcionarão 24 horas, sendo três na Barra e três em Ondina.  

Defesa do consumidor
Hotéis, bares, restaurantes, camarotes e locais que vendem ingressos e abadás serão vistoriados pela Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon). Além dos 32 fiscais, haverá quatro postos de atendimento (Barra, Ondina, Campo Grande e Rua Chile).

A fiscalização avaliará validade e acondicionamento dos produtos alimentícios, higiene das cozinhas, existência do exemplar do Código de Defesa do Consumidor (CDC), tabela de preço e respeito à lei antifumo, entre outros. Denúncias poderão ser feitas através do aplicativo Codecon Mobile, disponível no Google Play e App Store, ou pelo Fala Salvador, no número telefônico 156.

Documentos perdidos
A Guarda Civil Municipal vai atuar com cerca de 900 agentes, que protegerão os foliões o patrimônio público. Farão, ainda, distribuição de pulseiras de identificação para crianças e recolherão documentos perdidos. 

Foliões receberão suporte e terão balcões de informações (Foto: Evandro Veiga/Arquivo CORREIO)

Proteção do folião
O Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil (SMPDC) fiscalizará tudo aquilo que pode oferecer risco ao folião. As principais queixas costumam ser fiação de telefonia baixa e solta, iluminação pública precisando de reparos, abrigos de ônibus danificados e pedras portuguesas soltas nas calçadas. Durante a festa, o órgão mantém postos próprios nos circuitos Centro (Campo Grande) e Barra/Ondina.

Paralelamente, no intervalo de realização do Carnaval, entre 28/2 a 6/3, a Codesal reforçará seu plantão de 24 horas na sede do órgão, na Avenida Mario Leal Ferreira (Bonocô), e receberá denúncias pelo telefone 199. 

Suporte ao folião
A Ouvidoria Geral do Município do Salvador (OGM) será uma das partes responsáveis por dar suporte aos foliões. Durante a festa, haverá atuação do Fala Folião 156, que é um canal de atendimento que funciona 24 horas para todo e qualquer tipo de informação, solicitação ou demandas referentes à festa. 

Também existirão pontos fixos de apoio. Os balcões de atendimento ao folião ficarão no Elevador Lacerda, Pelourinho, Campo Grande, Barra e Ondina, além de mais 10 equipes itinerantes espalhadas por todos os circuitos.

Wi-Fi gratuito
Tudo bem que Carnaval é um ótimo momento para esquecer o mundo virtual, mas vai rolar Wi-Fi gratuita nos principais circuitos, sim. A Companhia de Governança Eletrônica (Cogel), responsável pelo desenvolvimento e suporte de toda a parte de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da Prefeitura, apostou no lançamento de sites para os foliões.

Dá para conectar o celular já a partir deste sábado (23), quando rolará o Fuzuê, a partir das 16h.

Imprensa
* Funcionamento da Sala de Imprensa Oficial do Carnaval
Horário: 8h às 22h 
Local: Praça 2 de Julho, Campo Grande, Centro 
Telefone: (71) 3202-6265

* E-mail oficial
secom@salvador.ba.gov.br

* Para baixar conteúdo de imprensa
- Site www.agenciadenoticias.salvador.ba.gov.br 

* Redes oficiais do Carnaval de Salvador
- Site: www.curtacarnaval.com.br
- Instagram: @salvadormeucarnaval
- Facebook: www.facebook.com/SalvadorMeuCarnaval
- Twitter: www.twitter.com/ssameucarnaval

* Redes da Prefeitura de Salvador
- Instagram: @prefsalvador
- Facebook: www.facebook.com/PrefeituraDeSalvador
- Twitter: www.twitter.com/prefsalvador
- Flickr: https://www.flickr.com/photos/prefeituradesalvador/
- Youtube: https://www.youtube.com/PrefeituradoSalvador

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas