'Achei que era só um peido', diz Anitta ao contar dia em que se borrou; assista

em alta
13.11.2019, 17:24:43
Atualizado: 13.11.2019, 18:51:31

'Achei que era só um peido', diz Anitta ao contar dia em que se borrou; assista

Situação ocorreu no ano passado, na Colômbia, e deixou cantora traumatizada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foto: Reprodução/YouTube

A cantora Anitta fez revelações engraçadas e interessantes durante uma entrevista (misturada com joguinhos) do canal de Matheus Mazzafera, no YouTube. Durante o bate-papo, a funkeira revelou uma situação constrangedora ocorrida no ano passado, na Colômbia, quando acabou fazendo cocô nas calças.

A artista revelou que tinha bebido muito energético no dia, o que provocou um desarranjo inesperado.

“Eu já caguei nas calças, gente. Foi ano passado, lá na Colômbia. Isso nunca tinha acontecido na minha vida. Foi horrível. Eu fui soltar um peido. Eu tava numa van. Eu tinha bebido muito energético. Eu senti calor, daqui a pouco eu senti líquido, e minha calça ficou toda marrom”, comentou a funkeira, sem papas na língua.

Ela explicou ainda que precisou pedir ajuda, mesmo constrangida. “Eu tive que contar que tinha cagado nas calças. Foi horrível. E tinha um cachorro de segurança na porta do hotel que ficou me cheirando e latindo”, revelou.

A situação deixou a cantora traumatizada. Tanto que ela agora pensa duas vezes antes de ‘se soltar’. “Eu sempre tava peidando, sempre peidando, até esse dia que eu peidei e caguei nas calças. Nunca mais eu fiz isso. Antes de peidar, eu fico analisando se vai sair alguma coisa”, completou.

Na parte da entrevista divulgada nesta terça-feira (12), Anitta ainda revelou ter enjoado de cantar dois de seus maiores sucessos: ‘Show das Poderosas’ e ‘Bang’. Assista ao trecho da conversa, que foi dividida em algumas partes no canal de Matheus Mazzafera.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas