Afastado por atestado, prefeito é flagrado 'curtindo licença médica' no Uruguai

brasil
12.07.2019, 16:03:00
José Crespo e a esposa em restaurante uruguaio (Foto: Acervo Pessoal)

Afastado por atestado, prefeito é flagrado 'curtindo licença médica' no Uruguai

Recomendação do médico era que o mandatário de Sorocaba (SP) ficasse de cama por 14 dias

No dia 3 de julho foi emitido um atestado médico que recomendava repouso ao prefeito de Sorocaba (SP), José Crespo, (DEM), repouso por 14 dias. Entretanto, ao invés de ficar se recuperando em casa, o mandatário resolvou dar uma "fugidinha" e acabou sendo flagrado em um restaurante do Uruguai.

O flagrante foi feito no último domingo (7). No atestado, de acordo com o G1, a determinação do médico era para o "fujão" permanecer em repouso domiciliar por 14 dias, ou seja, até 17 de julho.

O documento foi protocolado na Câmara de Vereadores da cidade no último dia 5. Antes disso, no dia 3, ele deveria ter prestado depoimento à CPI da Câmara, mas alegou que precisava passar pelo médico em SP.

Nesta quinta-feira (11) ele também era esperado para depor na Câmara, mas não compareceu por, em tese, estar de cama, gozando do repouso determinado pelo médico.

A moradora que encontrou o prefeito disse que ele estava passeando com a mulher no Mercado do Porto, na capital uruguaia. O registro foi feito quando o casal parou em uma lanchonete.

Em nota, a prefeitura disse que, "por se tratar de questões de cunho pessoal do prefeito José Crespo, não tem conhecimento do fato apontado pela reportagem".

Crespo é investigado em quatro inquéritos da Polícia Civil e em uma Comissão Processante da Câmara dos Vereadores.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas