Agnaldo Liz projeta Vitória forte na base: 'Ser referência'

e.c. vitória
03.01.2020, 18:42:00
De volta ao Vitória, Agnaldo Liz será o treinador do time sub-23 na disputa do Campeonato Baiano (Foto: Divulgação/EC Vitória )

Agnaldo Liz projeta Vitória forte na base: 'Ser referência'

Técnico do sub-23 lembrou trabalho feito pelo Leão no passado

Os primeiros dias de trabalho no Vitória tem sido comandado por um velho conhecido do torcedor. Com o técnico Geninho afastado do clube por conta de um procedimento médico, a missão de receber os atletas durante a pré-temporada está sendo de Agnaldo Liz. 

Ídolo da torcida rubro-negra, ele volta ao clube para ser o treinador do time sub-23, que vai disputar o Campeonato Baiano. Em entrevista concedida na Toca do Leão na manhã desta sexta-feira (3), o Agnaldo falou sobre o trabalho na transição entre base e profissional e afirmou que a meta é trazer o Leão de volta às origens. 

"Entrando para fazer essa transição dos atletas, conhecendo o DNA do clube, o que é muito importante, participei por muito anos, acompanhei, clube que eu adoro. Depois de 15 anos eu retorno. Vai ser uma nova era do Esporte Clube Vitória. Hoje a gente não disputa o estadual começando com o sub-23 e depois entra o time principal para as finais. Não, a gente vai disputar do início ao fim. Essa motivação é importante e serve de base para a equipe principal", afirmou o treinador. 

"Desde a década de 90, a solução era para ter continuado. Era a grande saída para o clube. Participei chegando em 91, aquela reconstrução da equipe com a vinda do treinador Hélio dos Anjos, que tinha sido meu treinador em Santa Catarina, e a subida daqueles atletas todos que despontaram para o Brasil. Vitória era uma referência para os clubes do Brasil, que vinham buscar aqui os melhores nas categorias de base", continuou ele. 

Apesar de ter o primeiro contato com os jogadores, Agnaldo afirma que o seu foco estará no time sub-23. O elenco principal ficará sob os cuidados do auxiliar Flávio Tanajura e do coordenador Bruno Pivetti. 

"Minha função é no sub-23. Quem vai cuidar do elenco principal nesse momento é o Bruno Pivetti e o Flávio (Tajanura). É uma comissão distinta. Está muito bem separado. Minha função é dirigir o sub-23. Trabalhar sabendo que nosso comandante maior é o Geninho. A gente vai trabalhar de forma conjunta. Nada melhor do que ter uma pessoa que eu tenho afinidade, sempre facilita o trabalho. Estou à disposição para ajudar o Geninho da melhor maneira possível. Sou treinador do clube e do sub-23. Comando o sub-23 que vai disputar o estadual e o Brasileiro de Aspirantes", explicou.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas