Após acusação de estupro, CR7 fica fora de convocação de Portugal

esportes
04.10.2018, 14:29:00
Atualizado: 04.10.2018, 14:48:39
Cristiano negou as acusações de um possível estupro cometido por ele em 2009 (Foto: Marcelo Bertorello/AFP )

Após acusação de estupro, CR7 fica fora de convocação de Portugal

Atacante da Juventus não foi chamado para os jogos do seus país e também estará fora dos compromissos de novembro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em meio a uma acusação de estupro, Cristiano Ronaldo foi deixado de fora da lista de convocados da seleção de Portugal para os próximos jogos da equipe, um amistoso e uma partida válida pela Liga das Nações. O técnico Fernando Santos avisou que o atacante da Juventus também ficará de fora da convocação seguinte, em novembro.

De acordo com o treinador, a decisão foi tomada em conjunto com o próprio jogador e com o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Soares Gomes da Silva. "Nós concordamos que o jogador não estaria disponível para estes jogos, que não seria uma opção para a seleção. Para as duas próximas convocações, esta e a seguinte, Ronaldo não estará conosco", confirmou Fernando Santos. 

O anúncio acontece seis dias depois de o atacante ser acusado publicamente de estupro por uma norte-americana Kathryn Mayorga, de 34 anos. O caso teria acontecido em um quarto de hotel em Las Vegas, nos Estados Unidos, em junho de 2009. Ela fez a denúncia em uma reportagem publicada pela revista alemã Der Spiegel. 

De acordo com reportagem, o português teria conhecido Kathryn em um clube e, mais tarde, a obrigado a ter relações sexuais com ele. O atacante teria pago US$ 375 mil (cerca de R$ 1,4 milhão pela cotação atual) para que ela não tornasse o caso público. À Der Spiegel, a mulher disse que aceitou a oferta do português à época por temer por ela e sua família.

Pelas redes sociais, Cristiano Ronaldo se defendeu na quarta e negou a acusação. "Aguardarei com tranquilidade o resultado de quaisquer investigações e processos, pois nada me pesa na consciência. Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero a violação um crime abjeto, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito. Não vou alimentar o espetáculo midiático montado por quem quer se promover à minha custa."

O atacante não defende a seleção portuguesa desde a Copa do Mundo da Rússia, quando o time português foi eliminado pelo Uruguai, nas oitavas de final. Cristiano Ronaldo perdeu os dois jogos disputados logo após o Mundial sob alegação de que estava ainda se mudando para Turim, onde passaria a defender a Juventus

Agora ele perderá o jogo contra a Polônia, pela Liga das Nações, e também o amistoso com a Escócia, nos dias 11 e 14 deste mês, respectivamente. Aos 33 anos, o jogador ainda pretende voltar a defender a sua seleção, segundo afirmou o treinador nesta quinta-feira (4).

Confira abaixo a lista dos convocados de Portugal:

Goleiros: Beto (Goztepe), Cláudio Ramos (Tondela) e Rui Patrício (Wolverhampton);

Defensores - Cédric Soares (Southampton), João Cancelo (Juventus), Kevin Rodrigues (Real Sociedad), Luís Neto (Zenit), Mário Rui (Napoli), Pedro Mendes (Montpellier), Pepe (Besiktas) e Rúben Dias (Benfica);

Meio-campistas - Bruno Fernandes (Sporting), Danilo Pereira (FC Porto), Gedson Fernandes (Benfica), Pizzi (Benfica), Renato Sanches (Bayern de Munique), Rúben Neves (Wolverhampton), Sérgio Oliveira (Porto) e William Carvalho (Betis);

Atacantes: André Silva (Sevilla), Bernardo Silva (Manchester City), Bruma (RB Leipzig), Éder (Lokomotiv Moscou), Gonçalo Guedes (Valência) e Hélder Costa (Wolverhampton).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas